Geral

Temperatura chega aos 42º nesta 2ª feira em Corumbá

Corumbá atingiu uma das temperaturas mais altas do ano no início da tarde desta segunda-feira, 29 de outubro. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), às 14 horas, os termômetros da estação local do Inmet marcaram 42º Celsius. Uma hora antes, a temperatura já havia atingido a marca dos 40,3 graus. Pelas ruas, o forte […]

Arquivo Publicado em 29/10/2012, às 18h58

None
122734282.jpg

Corumbá atingiu uma das temperaturas mais altas do ano no início da tarde desta segunda-feira, 29 de outubro. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), às 14 horas, os termômetros da estação local do Inmet marcaram 42º Celsius. Uma hora antes, a temperatura já havia atingido a marca dos 40,3 graus.



Pelas ruas, o forte calor da primavera é o assunto. “Tenho um bebê de 2 meses e ele está sofrendo muito. Tenho que dar três banhos nele ao dia, o deixo praticamente só de fraldinha. Sair à rua com ele nem pensar. Só saímos para passear à noite, que é o horário que está mais fresquinho, ventando. O calor está insuportável e as crianças sofrem com isso”, disse a autônoma Geisiane Santos, 22 anos.



A adolescente Joyce Sigarine, 16 anos, contou que o calor significou elevação no orçamento doméstico. “O calor simboliza gastos em minha casa. A conta de luz foi às alturas [subiu], pois ligamos ar-condicionado por muito tempo. A conta de água também, pois são vários banhos ao longo do dia. Eu sinto falta de ar tem hora, está um clima horrível”, afirmou a jovem. A baixa umidade relativa do ar também contribuiu com a sensação ainda maior de desconforto. A mínima, de acordo com o Inmet, chegou ao nível de 22%.



A meteorologia prevê sequência de calor e altas temperaturas para a cidade. Pelo Climatempo somente para a quinta-feira, 1º de novembro, há chuva prevista para todo o dia, mesmo assim, a máxima deve chegar aos 37º no dia de Todos os Santos.



Queimada



Corumbá voltou a registrar queimadas neste final de outubro. Somente este mês, a cidade já contabiliza 141 focos, aponta monitoramento da Divisão de Satélites e Sistemas Ambientais do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), vinculado ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Nas últimas 24 horas, foram registrados 17 focos de incêndio florestal no município. Uma densa camada de fumaça encobre a vegetação localizada na outra margem do rio Paraguai.


Jornal Midiamax