Geral

Técnico do Chelsea só viu Corinthians por acaso na TV e diz que seria melhor ter semana livre

O técnico do Chelsea, Rafa Benítez, claramente ainda não está preocupado com o Corinthians. Perguntando sobre o time brasileiro nesta terça-feira, o espanhol admitiu que só assistiu o possível rival da decisão do Mundial de Clubes por acaso e em melhores momentos pela televisão. “Por sorte estava passando os melhores momentos de um jogo do […]

Arquivo Publicado em 04/12/2012, às 16h46

None

O técnico do Chelsea, Rafa Benítez, claramente ainda não está preocupado com o Corinthians. Perguntando sobre o time brasileiro nesta terça-feira, o espanhol admitiu que só assistiu o possível rival da decisão do Mundial de Clubes por acaso e em melhores momentos pela televisão. “Por sorte estava passando os melhores momentos de um jogo do Corinthians na televisão e eu parei para assistir. Alguns jogadores conhecem a equipe deles e sei que eles estão esperando pela gente”, disse o comandante.

Benítez ainda citou o Internacional, eliminado pelo Mazembe na semifinal de 2010, para enaltecer a importância do primeiro jogo do Mundial, mas não conseguiu se lembrar de quem pode ser o rival desta partida. “Em uma competição como essa é para ser jogado jogo a jogo. Há dois anos, todos esperavam que eu jogasse a final com o Internacional, mas acabamos enfrentando o Mazembe. Temos que pensar primeiro no Monterrey ou no outro time que pode vir dessa partida”, disse Benítez, sem se lembrar do nome do Ulsan Hyundai.

O espanhol, que vive uma imensa pressão por ainda não ter conseguido vencer nos três jogos que comandou o Chelsea, até tentou dar uma importância maior para o Mundial. Mesmo assim, acabou admitindo que seria melhor ter a semana livre para trabalhar e tentar acertar a equipe.

“Acho que é uma competição importante. Talvez na Europa nós não ligamos muito, mas ao redor do mundo vemos a importância que dão à essa competição. É a chance que os outros tines, os mexicanos, os sulamericanos, têm de mostrar o nivel em que estão. É um torneio dro e uma grande experiência”, disse.

“Nunca se pode dizer que uma disputa de título vem em uma hora ruim, mas claro que seria melhor ter a semana livre para trabalhar. A agenda está apertada, mas temos pessoas para trabalhar com isso”, completou. O Chelsea enfrenta o Nordsjelland nesta quarta, viaja no sábado para pegar o Sunderland e de passam pela vizinha Newcastle para embarcar para o Japão.

Jornal Midiamax