Geral

Talibã reivindica ataques e abre “ofensiva de primavera”

Os talibãs afirmaram que a onda de ataques e atentados suicidas registrados neste domingo em Cabul e em três cidades do leste do Afeganistão são coordenados e são o começo de sua “ofensiva de primavera”. Zabihulah Mujayed, o porta-voz dos talibãs, afirmou à AFP por telefone que estes ataques também são uma mensagem ao governo […]

Arquivo Publicado em 15/04/2012, às 13h07

None

Os talibãs afirmaram que a onda de ataques e atentados suicidas registrados neste domingo em Cabul e em três cidades do leste do Afeganistão são coordenados e são o começo de sua “ofensiva de primavera”. Zabihulah Mujayed, o porta-voz dos talibãs, afirmou à AFP por telefone que estes ataques também são uma mensagem ao governo de Cabul e a seus aliados militares ocidentais “que acreditavam que nós não lançaríamos uma ofensiva de primavera. (…) Os ataques de hoje são o começo de nossa ofensiva de primavera”, declarou.


O rigoroso inverno boreal (hemisfério norte) afegão é um período de repouso para os talibãs, cuja guerrilha ganha intensidade e se estende para todo o país no início da primavera, quando o degelo libera as passagens montanhosas da fronteira com o Paquistão. Pouco antes da conversa por telefone, Mujayed enviou uma mensagem de texto à AFP reivindicando os três ataques coordenados, assegurando que vários camicases tomaram parte dos objetivos, que são o parlamento e o bairro das embaixadas.

Jornal Midiamax