Geral

Showtec incentiva plantio de cana no Estado

Mato Grosso do Sul produziu em 2011, 33,7 milhões de toneladas de cana numa área de 490 mil hectares, ocupando o 5º lugar no ranking nacional de produção. “Ainda temos espaço para crescer no Estado e a produção de cana ainda tem a vantagem de ajudar o produtor no gerenciamento de risco e na recuperação […]

Arquivo Publicado em 27/01/2012, às 15h08

None

Mato Grosso do Sul produziu em 2011, 33,7 milhões de toneladas de cana numa área de 490 mil hectares, ocupando o 5º lugar no ranking nacional de produção. “Ainda temos espaço para crescer no Estado e a produção de cana ainda tem a vantagem de ajudar o produtor no gerenciamento de risco e na recuperação de áreas degradadas”, disse Luis Alberto Moraes Novaes, presidente da Fundação MS e coordenador da Comissão de Agroenergia da Federação de Agricultura e Pecuária de MS (Famasul). A cana está presente na 16ª edição do Showtec, que termina hoje, em Maracaju (MS).


“Essa é a oportunidade de mostrar aos produtores que podemos transformar o potencial do setor em realidade”, afirma o presidente da Associação de Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul (Biosul). De acordo com a Biosul, a cana ocupa apenas 4% da área destinada à agropecuária no Estado. “Em Maracaju temos 400 mil hectares de área útil, sendo 160 mil de pastagem, com alguns hectares já degradados. Somente aqui na região, temos espaço para plantação da cana”, complementa Moraes Novaes.


Além de ser alternativa para recuperação de pastagem, a cana tem outras vantagens. “Suporta os riscos climáticos, como a seca, por exemplo, e tem um mercado em crescente aumento”, aponta Paulo Junqueira, da Fazenda Pai Cuê. Durante o giro tecnológico “Novos Sistemas de Produção e Comercialização. Fornecedores de Cana”, Paulo apresentou resultados do plantio da cana em algumas cidades do Estado e como a cultura resistiu à estiagem em 2011. 


Showtec – O Showtec 2012, maior evento rural do Centro-Oeste, tem como tema a “Produção de Alimentos com Consciência Ambiental”. O evento é realizado pela Fundação MS e conta ainda com a promoção do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo – Seprotur – e da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural – Agraer-, da Federação da Agricultura e Pecuária de MS – Famasul, da Associação de Produtores de Soja – Aprosoja/MS e o Sindicato e Organização da Cooperativas Brasileiras no Mato Grosso do Sul – OCB/SESCOOP/MS com o apoio da Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul – Biosul, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Embrapa, Prefeitura Municipal de Maracaju, Sebrae/MS e Banco do Brasil.


Informações sobre evento podem ser obtidas pelo site www.fundacaoms.org.br, pelo telefone (67)3454-2631 ou pelo e-mail [email protected].

Jornal Midiamax