Geral

Serviço de teleatendiomento vai custar mais de R$ 1 milhão

A SES (Secretaria Estadual de Saúde) reajustou em R$ 10,77% o contrato de número cadastral 0003/2010-SES, para pagar a empresa Luger Serviços Ltda., que atende à SES em serviços de tele-atendimento na área da saúde na Central de Regulação da Assistência (CERA/SES), passando a custar R$ 1.216.716,00 ao Governo do Estado. De acordo com o […]

Arquivo Publicado em 06/03/2012, às 12h52

None

A SES (Secretaria Estadual de Saúde) reajustou em R$ 10,77% o contrato de número cadastral 0003/2010-SES, para pagar a empresa Luger Serviços Ltda., que atende à SES em serviços de tele-atendimento na área da saúde na Central de Regulação da Assistência (CERA/SES), passando a custar R$ 1.216.716,00 ao Governo do Estado.


De acordo com o publicado nesta terça-feira (6) no Diário Oficial do Estado, a justificativa do reajuste é para “fins de reequilíbrio financeiro”.


A prorrogação do contrato é válida de 28da fevereiro de 2012 a 27 de fevereiro de 2013, assinada por Beatriz Figueiredo Dobashi e Luciano Lopes da Costa Gomes.

Jornal Midiamax