Geral

Seprotur sugere retirada da e-GTA na Iagro e suspensão de feiras agropecuárias para prevenir aftosa

A secretária da Seprotur (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo) Tereza Cristina em reunião na manhã desta terça-feira (2) definiu como medidas de prevenção da contaminação de gado pela febre aftosa em Mato Grosso do Sul a suspensão de feiras agropecuárias na região de fronteira com […]

Arquivo Publicado em 03/01/2012, às 15h21

None
A secretária da Seprotur (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo) Tereza Cristina em reunião na manhã desta terça-feira (2) definiu como medidas de prevenção da contaminação de gado pela febre aftosa em Mato Grosso do Sul a suspensão de feiras agropecuárias na região de fronteira com o Paraguai.
A medida, anunciada em entrevista ao MS TV primeira edição, deve acontecer somente neste período mais crítico. Outra medida é a retirada da e-GTA na sede da Iagro, em Campo Grande. “O produtor que passou pela região do foco no Paraguai deve ir a Iagro retirar a e-GTA”, disse.
“Nós temos que elogiar a postura do Paraguai em anunciar este segundo foco, mesmo com as consequências que isso pode trazer”, afirmou Tereza Cristina, que espera que o País anuncie outras ações de combate para que Mato Grosso do Sul possa acompanhar de perto o controle da doença e tomar medidas parecidas para a prevenção. 
Jornal Midiamax