Geral

Senado discute incêndio em estação brasileira na Antártica

O Senado promoverá na terça-feira (6) audiência pública conjunta de três comissões permanentes para discutir as possíveis causas do incêndio que destruiu um dos módulos da instalação brasileira na Antártica, a Estação Comandante Ferraz. O requerimento foi aprovado hoje (1º) pela Comissão de Relações Exteriores. Serão convidados para os debates os ministros da Defesa, Celso […]

Arquivo Publicado em 01/03/2012, às 15h53

None

O Senado promoverá na terça-feira (6) audiência pública conjunta de três comissões permanentes para discutir as possíveis causas do incêndio que destruiu um dos módulos da instalação brasileira na Antártica, a Estação Comandante Ferraz. O requerimento foi aprovado hoje (1º) pela Comissão de Relações Exteriores.

Serão convidados para os debates os ministros da Defesa, Celso Amorim; da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp; o Comandante da Marinha, Almirante Júlio Soares de Moura Neto; além do professor da Universidade de São Paulo (USP) José Goldemberg; e o professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Jefferson Simões.

A Estação Comandante Ferraz abrigava, além de militares, pesquisadores brasileiros que estudam os efeitos das mudanças climáticas no Continente Antártico e suas consequências para o planeta, além de pesquisas sobre a vida marinha e a atmosfera. Os trabalhos são financiados por bolsas concedidas pelo Conselho de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), agência de fomento vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação.

Jornal Midiamax