Geral

Sem licitação, prefeitura faz contrato emergencial de R$ 11,5 milhões para coleta de lixo

A prefeitura de Campo Grande publicou na edição desta terça-feira (30) do Diário Oficial da cidade um contrato feito sem licitação para coleta seletiva de lixo por seis meses, no valor de R$ 11,5 milhões com a empresa Financial Construtora Industrial  Ltda. De acordo com a publicação, o contrato é emergencial e por isso foi […]

Arquivo Publicado em 31/10/2012, às 17h08

None

A prefeitura de Campo Grande publicou na edição desta terça-feira (30) do Diário Oficial da cidade um contrato feito sem licitação para coleta seletiva de lixo por seis meses, no valor de R$ 11,5 milhões com a empresa Financial Construtora Industrial  Ltda.


De acordo com a publicação, o contrato é emergencial e por isso foi feito sem licitação com a empresa que é do mesmo grupo da LD Construções Ltda, que venceu a licitação do lixo para a cidade.


Neste contrato com a LD, o grupo comandará a coleta seletiva do lixo pelos próximos 25 anos em Campo Grande, pelo valor de R$ 1,3 bilhão.


Outro contrato foi preciso ser feito porque a empresa fazia o trabalho de coleta sem contrato, já que o último venceu no dia 10 de outubro.

Jornal Midiamax