Geral

Secretaria realiza 9ª Mobilização em Prevenção ao Câncer de Mama

A Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul (SES/MS), através da Gerência de Atenção à Saúde da Mulher e Ações contra o Câncer de Mama, realiza nesta terça-feira (9), às 9 horas, no hall de entrada da SES, a 9ª Mobilização de Prevenção ao Câncer de Mama. O evento contará com a […]

Arquivo Publicado em 08/10/2012, às 09h33

None
1685241264.jpg

A Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul (SES/MS), através da Gerência de Atenção à Saúde da Mulher e Ações contra o Câncer de Mama, realiza nesta terça-feira (9), às 9 horas, no hall de entrada da SES, a 9ª Mobilização de Prevenção ao Câncer de Mama.


O evento contará com a participação da vice-governadora Simone Tebet, da secretária de Estado de Saúde, Beatriz Figueiredo Dobashi e técnicos da Saúde da Mulher e de Prevenção ao Câncer de Mama.


A mobilização tem como objetivo debater a atual realidade sobre o Câncer de Mama, a importância de seu diagnóstico precoce e a mudança no estilo de vida, uma vez que mais de 90% dos cânceres têm cura. De acordo com a SES, para o ano 2012 a estimativa é que ocorram 740 novos casos de câncer de mama em Mato Grosso do Sul, sendo que 330 ocorrerão na Capital.


Em estudo realizado com 393 mulheres usuárias da Estratégia de Saúde da Família em Dourados (MS) e com idade entre 40 e 69 anos, identificaram que a maioria das entrevistadas possuía algum conhecimento sobre câncer de mama, porém quase metade desconhecia qualquer um dos seus fatores de risco, o que reforça a necessidade de ampliar o trabalho de mobilização de toda a sociedade.


Para enfrentar essa situação a Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul implantou em 2004 o Projeto Toque de Vida que prevê a capacitação dos médicos e enfermeiros e a sensibilização da comunidade quanto à necessidade de cuidados específicos com a Saúde da Mulher no combate ao câncer de mama.


Desde sua implantação até hoje é possível notar que cada dia que passa os profissionais da saúde trabalham em prol da conscientização da população quanto ao Exame Clínico das Mamas, pois é ele o primeiro passo para detecção precoce do câncer de mama e consequentemente uma maior chance de sobrevida.


Vale ressaltar que Mato Grosso do Sul registrou um aumento de 78% na realização de mamografias na rede publica, o que demonstra que as mulheres de Mato Grosso do Sul estão tendo maior acesso ao serviço de rastreamento do câncer de mama.

Jornal Midiamax