Geral

Sarkozy e Hollande disputarão 2º turno na França

O candidato socialista nas eleições presidenciais da França, François Hollande, conseguiu neste domingo cerca de 28,63% dos votos, vencendo o primeiro turno. O atual presidente, Nicolas Sarkozy, ficou com 27,08%, segundo resultados oficiais ainda não definitivos – falta computar dados de eleitores residentes no exterior. Mas os dados são suficientes para confirmar que ambos cand...

Arquivo Publicado em 23/04/2012, às 01h24

None

O candidato socialista nas eleições presidenciais da França, François Hollande, conseguiu neste domingo cerca de 28,63% dos votos, vencendo o primeiro turno. O atual presidente, Nicolas Sarkozy, ficou com 27,08%, segundo resultados oficiais ainda não definitivos – falta computar dados de eleitores residentes no exterior. Mas os dados são suficientes para confirmar que ambos candidatos passaram para o segundo turno, que será disputado no dia 6 de maio.


Nas próximas horas, serão incluídos no resultado nacional os votos obtidos pelos candidatos de franceses que residem no exterior – que não deve alterar o panorama de um segundo turno com Hollande e Sarkozy.


A terceira posição ficou com a candidata da Frente Nacional, Marine Le Pen, que obteve 18,01% dos votos, segundo os números fornecidos pelo Ministério do Interior.


Em seguida aparece o candidato de esquerda, Jean-Luc Mélenchon, com 11,13%, e o centrista François Bayrou, que conseguiu 9,11% dos sufrágios.


Hollande venceria 2º turno


O candidato socialista, vencedor do primeiro turno da eleição presidencial francesa, derrotaria Sarkozy no segundo turno com pelo menos 54% dos votos, segundo pesquisas divulgadas neste domingo pelos institutos Ipsos e Ifop.


Estas pesquisas confirmam as previsões das sondagens realizadas antes do primeiro turno, realizado neste domingo.


Segundo a pesquisa do Ifop, 48% dos eleitores de Marine Le Pen, a candidata de extrema-direita que ficou em terceiro lugar no primeiro turno, votarão em Nicolas Sarkozy no segundo, 31% votarão em François Hollande e 21% se absterão ou votarão em branco.


Daqueles que votaram no candidato da esquerda radical, Jean-Luc Mélenchon, 83% no votarão no candidato socialista.


Os eleitores do centrista François Bayrou se dividiriam em três partes: 38% para Nicolas Sarkozy, 32% para François Hollande, 30% se absterão ou votarão em branco.


Franceses no Brasil ficam com Sarkozy


O presidente e candidato à reeleição Nicolas Sarkozy (UMP, centro-direita) foi o grande vencedor para o eleitorado francês que mora no Brasil. De acordo com a Embaixada francesa, Sarkozy obteve 41,9% dos votos, enquanto Hollande reuniu 29,9%. A taxa de abstenção, no entanto, foi altíssima. De 15.050 franceses habilitados para votar no Brasil, apenas 4.276 o fizeram – 28,5% do total.


Em terceiro lugar, aparece Jean-Luc Mélenchon (PG, de extrema-esquerda), com 8,8%; em seguida, François Bayrou (MoDem, centro), com 7,8%; Eva Joly (EELV, ecologista), com 5,3%; e Marine Le Pen (FN, extrema-direita), com 4,2% dos votos.


Jornal Midiamax