Geral

São Paulo terá recorde de público do Brasileirão com a estreia de Ganso

O São Paulo anunciou a venda antecipada de 58 mil ingressos para a partida deste domingo contra o Náutico. Mesmo se nenhum torcedor resolver ir de última hora, o público presente estabelecerá um novo recorde do Brasileirão. A marca anterior pertencia ao próprio São Paulo (54 mil torcedores contra o Fluminense). O jogo será a […]

Arquivo Publicado em 18/11/2012, às 14h29

None
738896476.jpg

O São Paulo anunciou a venda antecipada de 58 mil ingressos para a partida deste domingo contra o Náutico. Mesmo se nenhum torcedor resolver ir de última hora, o público presente estabelecerá um novo recorde do Brasileirão. A marca anterior pertencia ao próprio São Paulo (54 mil torcedores contra o Fluminense).




O jogo será a estreia do meia Paulo Henrique Ganso com a camisa tricolor e também pode garantir o retorno da equipe à Libertadores da América. Basta uma vitória e um tropeço do Botafogo.



Mesmo com a multidão que deixará o ar do Morumbi com cheiro de final de campeonato, a média de público do São Paulo ainda não deve ser suficiente para desbancar o Corinthians. O rival alvinegro é o time, que na média, mais leva torcida aos jogos em casa.



Antes da 36ª rodada, o vice-líder neste ranking era o Grêmio, mas os gaúchos devem ser ultrapassados pelo São Paulo e pela empolgação da torcida em torno de Ganso (veja ao lado).



Organizadas tricolores já preparam um tratamento especial ao novo camisa 8 do time e devem entoar cânticos em sua homenagem.



Os públicos maiores do São Paulo na parte final da competição tem duas explicações: a melhora do time e dos resultados desde a chegada do técnico Ney Franco, e a estratégia da diretoria de vender ingressos a preços populares.



Há cerca de dois meses, já é possível a um são-paulino assistir aos jogos no Morumbi por até R$ 5, preço da meia-entrada no setor popular do estádio.



Apesar de toda a expectativa, a torcida presente não deve ver seu novo candidato a ídolo por muito tempo. De acordo com o treinador, Ganso começará no banco e jogará por apenas alguns minutos no segundo tempo.


Jornal Midiamax