Geral

São Paulo rebate provocação corintiana em camisa: “somos mais gloriosos”

Na última sexta-feira, o departamento de marketing do Corinthians lançou duas camisetas especiais, sendo uma delas provocativa ao São Paulo devido à recente “freguesia” do time do Morumbi contra a equipe alvinegra. Neste sábado, o vice-presidente de futebol do clube tricolor, João Paulo de Jesus Lopes, respondeu à provocação corintiana. “Se fôssemos seguir por essa […]

Arquivo Publicado em 03/03/2012, às 22h05

None

Na última sexta-feira, o departamento de marketing do Corinthians lançou duas camisetas especiais, sendo uma delas provocativa ao São Paulo devido à recente “freguesia” do time do Morumbi contra a equipe alvinegra. Neste sábado, o vice-presidente de futebol do clube tricolor, João Paulo de Jesus Lopes, respondeu à provocação corintiana.

“Se fôssemos seguir por essa linha que o Corinthians segue, certamente teríamos muito mais munição que eles. O São Paulo é o mais jovem entre os grandes do Estado, tem só 76 anos de história, mas é o mais glorioso. Ganhamos três Libertadores, três Mundiais, ninguém ganhou mais Campeonatos Paulistas nesse período, outros seis brasileiros, não se compara”, afirmou Jesus Lopes em entrevista à Rádio Gazeta AM.

O lançamento das camisetas causou polêmica graças às referências ao São Paulo – com a frase “CPF na Nota?” – e também ao Santos, que foi lembrado na estampa “Eterno 7 x 1”, referência à histórica goleada no Brasileiro de 2005. Os produtos já estão disponíveis na loja oficial do clube no Parque São Jorge e ainda existe a promessa de uma provocação ao Palmeiras.

O dirigente do São Paulo ainda aproveitou para condenar a atitude do marketing corintiano, que “semeia discórdia” nos campos brasileiros. “Não é a nossa linha. Eu respeito, porque existem profissionais que fazem seu trabalho, mas não é a linha do São Paulo. Nossa linha não é semear discórdia. Futebol é entretenimento e precisa de disputa acirrada dentro das quatro linhas, fora de lá os torcedores têm que ser apaziguados”, concluiu.

Jornal Midiamax