Geral

São Paulo já vende 20 mil ingressos sem garantias a Ganso e Fabuloso

Nem o próprio técnico Ney Franco sabe qual escalação utilizará no clássico Majestoso deste domingo, quando o São Paulo recebe o Corinthians no estádio do Pacaembu – o Morumbi está reservado para shows da cantora norte-americana Madonna. Mesmo sem garantias que os “chamarizes” Luis Fabiano e Paulo Henrique Ganso estarão em campo, 20 mil ingressos […]

Arquivo Publicado em 30/11/2012, às 23h25

None

Nem o próprio técnico Ney Franco sabe qual escalação utilizará no clássico Majestoso deste domingo, quando o São Paulo recebe o Corinthians no estádio do Pacaembu – o Morumbi está reservado para shows da cantora norte-americana Madonna. Mesmo sem garantias que os “chamarizes” Luis Fabiano e Paulo Henrique Ganso estarão em campo, 20 mil ingressos já foram comercializados até o início da noite desta sexta-feira.

Contra o Náutico, na estreia de Paulo Henrique Ganso, o Tricolor fez o maior público do Brasileirão na vitória por 2 a 1 no Morumbi, além do bom número de presentes na igualdade contra a Universidad Católica, que garantiu a vaga na decisão da Sul-americana, competição que pode dar ao Tricolor um título importante na temporada, além da vaga na Copa do Brasil.Em dúvida a respeito da situação clínica de seus titulares, que entram em campo na próxima quarta-feira, Ney Franco deixou fora da lista de relacionados apenas Rhodolfo e Denílson, que sentem desconfortos musculares. O restante dos atletas ainda pode entrar em campo em uma formação mesclada que o treinador pretende utilizar.

“Temos treinamento no sábado em que eu vou conversar para saber da parte individual de cada jogador, como o próprio Luis Fabiano, que às vezes pode ficar no banco ou nem ir. Dentro dos jogadores que entraram em campo contra a Universidad Católica se tiver algum com risco de lesão a gente tira do jogo”, comentou o técnico Ney Franco, que relacionou previamente 21 jogadores para o clássico Majestoso, mas cortará três até o dia da partida.

A escalação de Ganso, assim como a de Luis Fabiano, está condicionado ao pedido de um jogador para ser poupado. No caso do camisa 8, depende de Jadson não querer entrar em campo contra o Corinthians: “Se o Jadson for para o jogo, o Ganso fica como opção. Mas se tiver algum problema com o Jadson, a tendência é a utilização”.

Jornal Midiamax