Geral

Santos sofre dois gols de falta e perde para o Bolívar na altitude de La Paz

O Santos perdeu para o Bolívar por 2 a 1 nesta quarta-feira, no estádio Hernando Silles, em La Paz, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores da América. A equipe santista conseguiu suportar a pressão dos bolivianos com a ‘bola rolando’, mas sofreu dois gols de falta do mesmo jogador: o […]

Arquivo Publicado em 26/04/2012, às 02h25

None

O Santos perdeu para o Bolívar por 2 a 1 nesta quarta-feira, no estádio Hernando Silles, em La Paz, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores da América. A equipe santista conseguiu suportar a pressão dos bolivianos com a ‘bola rolando’, mas sofreu dois gols de falta do mesmo jogador: o atacante Campos.


No entanto, o importante gol do Santos na partida também surgiu após cobrança de falta. Elano cobrou com perfeição, o goleiro fez uma grande defesa, mas deu o rebote para o lateral direito Maranhão balançar as redes pelo segundo jogo consecutivo.


Neymar chegou ao estádio Hernando Silles reclamando de gripe, mas não demonstrou abatimento durante o jogo. Se não bastassem as faltas sofridas em campo, o atacante ainda foi atingido por um objetivo lançado das arquibancadas.


Com 99 gols com a camisa do Santos na carreira, o atacante entrou em campo em busca do centésimo, mas não conseguiu alcançar a marca histórica na Bolívia.


O presidente da Bolívia, Evo Morales, esteve no estádio acompanhando a partida, e foi flagrado pelas câmeras de talevisão comendo pipoca nas tribunas de honra.


O Santos parece ter sentido a altitude de 3660m acima do nível do mar no inicio da partida. Para piorar, a equipe sofreu o gol no primeiro minuto de jogo. Em cobrança de falta, Campos chutou forte e cruzado, a bola bateu na trave e voltou nas costas de Rafael antes de entrar no gol.


Santos sofre dois gols de falta e perde para o Bolívar na altitude de La Paz
Do UOL, em Santos (SP)


Comentários5
O Santos perdeu para o Bolívar por 2 a 1 nesta quarta-feira, no estádio Hernando Silles, em La Paz, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores da América. A equipe santista conseguiu suportar a pressão dos bolivianos com a ‘bola rolando’, mas sofreu dois gols de falta do mesmo jogador: o atacante Campos.


No entanto, o importante gol do Santos na partida também surgiu após cobrança de falta. Elano cobrou com perfeição, o goleiro fez uma grande defesa, mas deu o rebote para o lateral direito Maranhão balançar as redes pelo segundo jogo consecutivo.


Neymar chegou ao estádio Hernando Silles reclamando de gripe, mas não demonstrou abatimento durante o jogo. Se não bastassem as faltas sofridas em campo, o atacante ainda foi atingido por um objetivo lançado das arquibancadas.


Com 99 gols com a camisa do Santos na carreira, o atacante entrou em campo em busca do centésimo, mas não conseguiu alcançar a marca histórica na Bolívia.


O presidente da Bolívia, Evo Morales, esteve no estádio acompanhando a partida, e foi flagrado pelas câmeras de talevisão comendo pipoca nas tribunas de honra.


O Santos parece ter sentido a altitude de 3660m acima do nível do mar no inicio da partida. Para piorar, a equipe sofreu o gol no primeiro minuto de jogo. Em cobrança de falta, Campos chutou forte e cruzado, a bola bateu na trave e voltou nas costas de Rafael antes de entrar no gol.


Jornal Midiamax