Geral

Rui Falcão provoca atual gestão em Campo Grande e anuncia 40 mil candidatos pelo país

O presidente do PT (Partido dos Trabalhadores) nacional, Rui Falcão, disse durante o discurso de lançamento da campanha de Vander Loubet à Prefeitura de Campo Grande que “médicos não conseguiram cuidar da saúde da cidade”, referindo-se aos quase trinta anos de gestão peemedebista na capital de Mato Grosso do Sul. O comentário provocou reações dos […]

Arquivo Publicado em 22/07/2012, às 15h28

None
955575404.jpg

O presidente do PT (Partido dos Trabalhadores) nacional, Rui Falcão, disse durante o discurso de lançamento da campanha de Vander Loubet à Prefeitura de Campo Grande que “médicos não conseguiram cuidar da saúde da cidade”, referindo-se aos quase trinta anos de gestão peemedebista na capital de Mato Grosso do Sul.


O comentário provocou reações dos candidatos a vereador que assistem o evento e Rui Falcão foi ovacionado. Em relação aos números do PT pelo país, ele declarou que são mais de 40 mil candidatos a vereador e prefeitos. “Priorizamos lançar candidatos em municípios onde há diretório”, reforçou.


Em Mato Grosso do Sul são, ao todo, 700 candidatos pela sigla. Rui Falcão destacou também a largada da campanha em Corumbá, que aconteceu na noite deste sábado (21), co  cerca de mil participantes.


“A unidade partidária é preciso para que haja a mudança que tanto precisamos para Campo Grande”, frisou.


Força do partido


O senador Delcídio do Amaral resolveu falar em público a suposta desavença que teria com o candidato a vereador Zeca, mas não evoluiu a conversa, comentando sobre o assunto superficialmente.  “Estão tentando quebrar a força do partido, tentando desqualificar a gente e criando coisas que não existem de brigas dentro do PT”.


Ele seguiu o discurso dizendo que todos seguem unidos para quebrar a hegemonia do PMDB, que dura três décadas.

Jornal Midiamax