Geral

Rio Grande do Sul registra sensação térmica de mais de 50°C

Uma onda de calor está sobre o Rio Grande do Sul e, segundo meteorologistas, pode provocar o Natal mais quente da história dos gaúchos. Em Porto Alegre, por exemplo, a temperatura no início da manhã já era de 28,3°C no bairro Jardim Botânico. O calorão começou ontem pelas cidades da zona sul do Estado: em […]

Arquivo Publicado em 25/12/2012, às 19h17

None

Uma onda de calor está sobre o Rio Grande do Sul e, segundo meteorologistas, pode provocar o Natal mais quente da história dos gaúchos. Em Porto Alegre, por exemplo, a temperatura no início da manhã já era de 28,3°C no bairro Jardim Botânico. O calorão começou ontem pelas cidades da zona sul do Estado: em Pelotas, a sensação térmica foi de 53°C.

Os gaúchos precisaram passar a noite de Natal no ar condicionado ou na frente do ventilador, pois a noite da última segunda-feira já foi muito quente. E, para hoje, os prognósticos indicam temperaturas até 10°C acima da média para essa época do ano. O Metroclima, serviço de observação meteorológica da Prefeitura de Porto Alegre, adverte para “o Natal mais quente até hoje registrado na cidade”.

As máximas na capital gaúcha devem variar de 38ºC a 40ºC na maioria dos bairros, mesmo em locais da zona rural, nos quais o calor costuma ser menos intenso. “A sensação térmica (índice de calor) pode ficar ao redor dos 50ºC”, adverte o site. Ainda de acordo com a prefeitura, há previsão de chuva forte com ventos a partir do final do dia.

De acordo com o Metroclima, vários modelos indicam um cenário de instabilidade entre quarta e sexta-feira na região de Porto Alegre. A possibilidade de chuva forte é grande, principalmente amanhã. A temperatura também deve mudar: as mínimas devem ficar entre 16ºC a 18ºC nos próximos dias, enquanto as máximas não passarão dos 23ºC.

Jornal Midiamax