Geral

Revitalização do aeroporto pode começar em três meses, diz Geraldo

As obras de revitalização do aeroporto de Dourados poderão ter início em três meses, já que até a primeira quinzena de maio o governo do Estado deverá abrir o processo de licitação para a escolha da empresa que vai executar os trabalhos. A afirmação é do coordenador da bancada de Mato Grosso do Sul no […]

Arquivo Publicado em 22/04/2012, às 16h55

None

As obras de revitalização do aeroporto de Dourados poderão ter início em três meses, já que até a primeira quinzena de maio o governo do Estado deverá abrir o processo de licitação para a escolha da empresa que vai executar os trabalhos. A afirmação é do coordenador da bancada de Mato Grosso do Sul no Congresso, deputado federal Geraldo Resende (PMDB) que articula em Brasília, junto com também deputado federal Edson Girotto (PMDB), a liberação dos recursos com essa finalidade.


Segundo Geraldo Resende, depois do início do processo licitatório, que dura em média três meses, o governo do Estado já poderá dar a ordem de serviço para o início das obras. “O projeto analisado em Brasília só não foi liberado porque precisou de ajustes. Com esta etapa vencida, os próximos passos são a aprovação pela Secretaria de Aviação Civil e a licitação”, explica.


O empenho dos recursos para a ampliação e revitalização do aeroporto de Dourados aconteceu em dezembro, no valor de R$ 3.849.881,11. Somados à contrapartida do governo do Estado, de R$ 679.390,79, o total a ser investido será de R$ 4.529.271,90, destinados à revitalização da pista de pouso e decolagem, da pista de táxi e do pátio de aeronaves, além de sinalização horizontal e vertical.


A revitalização do aeroporto de Dourados, segundo Geraldo Resende, é a coroação de uma parceria vitoriosa entre o governador André Puccinelli e o mandato dele próprio e de seu colega Edson Giroto, iniciado quando o mesmo ainda era secretário de Obras Públicas do Estado.


“Fiquei encarregado de acompanhar o desdobramento da situação do aeroporto de Dourados na condição de coordenador da bancada e de representante da região no Congresso, tomando decisões conjuntas com os técnicos do governo do Estado”, explica o deputado.


Na avaliação de Geraldo Resende, a revitalização do aeroporto de Dourados vai trazer um grande impacto no desenvolvimento do Município, realizando o sonho de empresários do comércio e de outros setores produtivos, de universitários professores e outros profissionais liberais, além daqueles que pretendem investir na região da Grande Dourados e precisam de deslocamento rápido.


“Já estamos entrando em contato com as grandes empresas de aviação civil, como a Gol, Azul, Tam e Trip, para que depois das intervenções no aeroporto, possamos ter as ligações aéreas entre Dourados e grandes centros, como São Paulo, Campinas, Brasília e outros”, ressalta o parlamentar.

Jornal Midiamax