Geral

Referendo sobre nova Constituição ocorre sem obstáculos, diz comissão egípcia

A Comissão Suprema Eleitoral egípcia disse hoje (15) que a votação na primeira etapa do referendo sobre a nova Constituição ocorre sem problemas. Até o momento, não há registro de queixas. A comissão explicou, em comunicado, que recebeu informações de que houve comparecimento de eleitores em todas as seções de votação nas dez províncias onde […]

Arquivo Publicado em 15/12/2012, às 15h47

None

A Comissão Suprema Eleitoral egípcia disse hoje (15) que a votação na primeira etapa do referendo sobre a nova Constituição ocorre sem problemas. Até o momento, não há registro de queixas.


A comissão explicou, em comunicado, que recebeu informações de que houve comparecimento de eleitores em todas as seções de votação nas dez províncias onde se realiza o referendo. As seções abriram às 8h no Cairo (4h em Brasília).


O referendo foi dividido em dois dias, hoje (15) e sábado (22), devido ao boicote de grande parte dos juízes egípcios. Por lei, cabe ales a tarefa de supervisionar as eleições. A primeira etapa do referendo decorre nas províncias do Cairo, Alexandria, Daqahliya, Garbiya, Sharquiya, Asiut, Sohag, Asuán, e Norte e Sul do Sinai.


Votam hoje 26 milhões de egípcios, segundo a televisão estatal, que mostrou imagens dos eleitores depositando os votos nas urnas e outros em filas para votar. O presidente egípcio, Mohamed Morsi, compareceu em sua seção eleitoral logo de manhã numa escola do bairro de Masr Guedida, no leste do Cairo.


O patriarca da Igreja Ortodoxa Copta, o papa Teodoro II, votou numa escola do bairro do Cairo de Al Waili. O Egito está dividido na votação da nova Constituição, promovida pelos islâmicos depois da recusa da oposição laica e liberal, que critica a falta de consenso na redação do texto.

Jornal Midiamax