Geral

Protesto diante da embaixada do Brasil em La Paz

Um grupo de ativistas dos direitos humanos realizou nesta terça-feira um protesto diante da embaixada do Brasil em La Paz contra a decisão do governo brasileiro de conceder asilo político ao senador boliviano de oposição Roger Pinto. O senador “Pinto é acusado de violar os direitos humanos e não é um perseguido político”, afirmou Teresa […]

Arquivo Publicado em 13/06/2012, às 01h04

None

Um grupo de ativistas dos direitos humanos realizou nesta terça-feira um protesto diante da embaixada do Brasil em La Paz contra a decisão do governo brasileiro de conceder asilo político ao senador boliviano de oposição Roger Pinto.


O senador “Pinto é acusado de violar os direitos humanos e não é um perseguido político”, afirmou Teresa Pinto, dirigente da ONG Assembleia Permanente dos Direitos Humanos, em uma entrevista coletiva improvisada diante da sede diplomática brasileira.


A embaixada do Brasil, no bairro San Jorge, no centro de La Paz, abriga o senador Pinto desde a sexta-feira passada, quando foi concedido o asilo político.


O senador é acusado pelo Executivo de ser um dos autores intelectuais da morte de doze operários partidários do governo do presidente Evo Morales, durante incidentes em 2008 no departamento de Pando, na fronteira com o Brasil, e de malversação de fundos públicos.


Pinto alega inocência e argumenta que o governo de Evo Morales promove mais de 20 ações na Justiça contra ele, como forma de intimidação.


O senador espera autorização da chancelaria boliviana para sair do país rumo ao Brasil.
Comunicar erro

Jornal Midiamax