Geral

Projeto de Lei quer garantir seguro obrigatório para mototaxistas e passageiros

O deputado federal Fabio Trad (PMDB-MS) anunciou que irá propor no Congresso Nacional, projeto de lei que obriga os mototaxistas a atuarem mediante a seguro obrigatório, que se estenda ao passageiro. O anúncio foi feito nesta semana, durante solenidade em Campo Grande, que serviu para o prefeito Nelson Trad Filho fazer a homologação da licitação […]

Arquivo Publicado em 27/07/2012, às 16h27

None

O deputado federal Fabio Trad (PMDB-MS) anunciou que irá propor no Congresso Nacional, projeto de lei que obriga os mototaxistas a atuarem mediante a seguro obrigatório, que se estenda ao passageiro.


O anúncio foi feito nesta semana, durante solenidade em Campo Grande, que serviu para o prefeito Nelson Trad Filho fazer a homologação da licitação do contrato de permissão para a execução de serviço público de transporte individual de passageiros, onde serão abertos mais 44 alvarás.


Para o presidente do Sindicato dos Mototaxistas da Capital sul-mato-grossense, Durvair Caburé, o apoio de Fabio Trad terá peso importante para a categoria avançar. “Hoje, a sociedade reconhece a importância do serviço dos mototaxistas. Temos todo o interesse em avançar para prestar um serviço de qualidade e deixar a população ainda mais tranquila em relação ao trabalho que desempenhamos. O seguro é uma dessas ações, que vai garantir a segurança tanto do condutor quanto do passageiro durante o percurso. Mas sabemos que sozinhos as coisas acontecem mais lentas. O deputado já nos apontou que tem todo o interesse em vestir a camisa do grupo e isso será fundamental para que possamos subir novos degraus”, comenta Caburé. 


Fabio Trad, que na Câmara Federal tem lutado arduamente por diversas categorias profissionais, acredita que a classe política tem o dever de defender ações como esta em prol dos mototaxistas, já que o mesmo tem como objetivo maior garantir o bem estar e segurança de quem presta e quem utiliza os serviços. “Os mototaxistas representam importante segmento social e econômico do país e de Mato Grosso do Sul. De maneira que quanto mais garantias conquistarmos para a segurança e estabilidade de sua prestação de serviços, melhor e mais proveitoso será para toda a sociedade. Estou disposto a enfrentar essa luta em defesa dos mototaxistas”, garante.

Jornal Midiamax