Geral

Programação da II Bienal traz hoje dois espetáculos teatrais

Nesta semana, o cenário cultural de Campo Grande está movimentado, com as apresentações locais e nacionais da II Bienal de Teatro de Mato Grosso do Sul. Hoje, 14, a programação conta com dois espetáculos teatrais: “Sem Cerimônia”, do Conectivo Corpomancia (MS), e “Sobre Trutas, Cibalenas e Olhares”, com BR S.A (DF). O espetáculo “Sem Cerimônia” […]

Arquivo Publicado em 14/09/2012, às 12h12

None

Nesta semana, o cenário cultural de Campo Grande está movimentado, com as apresentações locais e nacionais da II Bienal de Teatro de Mato Grosso do Sul. Hoje, 14, a programação conta com dois espetáculos teatrais: “Sem Cerimônia”, do Conectivo Corpomancia (MS), e “Sobre Trutas, Cibalenas e Olhares”, com BR S.A (DF).


O espetáculo “Sem Cerimônia” será apresentado às 16h, na Avenida Afonso Pena, e não será cobrado nenhum valor de quem quiser conferir. “Sem cerimônia – ser cidade” tem como intérpretes criadores os artistas: Franciella Cavalheri, Marcos Mattos, Paula Bueno, Renata Leoni e Yan Chaparro do Conectivo Corpomancia. As intervenções acontecem pelas ruas da cidade, sem aviso prévio. A apresentação começa com tranquilas caminhadas e movimentos simples, depois se transformam em movimentos mais elaborados. A intenção é provocar um ruído no cotidiano urbano e chamar atenção para as questões do corpo.


Um pouco mais tarde, às 20h, será apresentado o espetáculo “Sobre Trutas, Cibalenas e Olhares”, no Teatro Aracy Balabanian. Os ingressos custam R$ 10,00 e R$ 5,00, e são vendidos na bilheteria do teatro a partir das 17h. O conto retrata a vida de um escritor em estado contemplativo que, em um surto, concebe um poema visceral e escatológico. Auxiliado por um médico que lhe provoca a gula, o escritor recupera o ritual primitivo de se alimentar ao descobrir a relação harmônica e catártica entre os sujeitos alimento e homem. Há, ainda, os olhares pessoais do elenco, que trazem questões como as escolhas do fazer teatral, a definição de clássico, os recursos tecnológicos, as paixões, os prazeres e os sonhos dentro e fora do universo literário de Rubem Fonseca, fazendo do espetáculo uma tragicomédia inteligente, dinâmica, instigante e saborosa.


Já no Cine Teatro da Bienal, será exibido “Hamlet”, peça de William Shakespeare, de Franco Zeffirelli, no Museu da Arte e do Som (MIS), às 19h, com entrada gratuita. Também dentro da programação da II Bienal, nesta sexta-feira será realizado o workshop “O ator em teatro invasão”, com o grupo Teatro que Roda, entre às 14h e 18h, no Centro Cultural José Octávio Guizzo, para profissionais do teatro já inscritos.


Para quem ainda não conferiu, hoje é o último dia da Mostra Videoarte da Bienal, também no MIS. O nome da mostra desta edição é “08 olhos e 4 olhares”, dos cineastas Helton Perez, Essi Rafael, Gabi Dias e Paula Bueno.


Programação completa e mais informações: www.bienaldeteatro.com.br

Jornal Midiamax