Geral

Procuradores repudiam acusações de Collor a Gurgel

A Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) emitiu hoje (18) nota em que repudia as acusações feitas pelo senador Fernando Collor (PTB/AL) ao procurador-geral da República, Roberto Gurgel. Collor acusou Gurgel de “desdém”, “chantagem” e “prevaricação” quanto ao Senado, uma vez que o procurador recusou convite de ir a um debate sobre a confluência […]

Arquivo Publicado em 19/12/2012, às 00h20

None

A Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) emitiu hoje (18) nota em que repudia as acusações feitas pelo senador Fernando Collor (PTB/AL) ao procurador-geral da República, Roberto Gurgel.

Collor acusou Gurgel de “desdém”, “chantagem” e “prevaricação” quanto ao Senado, uma vez que o procurador recusou convite de ir a um debate sobre a confluência das atividades de inteligência com o papel do Ministério Público e da Polícia Federal, que ocorreria na Comissão Mista de Controle das Atividades de Inteligência.

“ É inteiramente descabida, injustificada e inaceitável a reação destemperada do senador, que representou o procurador-geral por ele não ter atendido a simples convite formulado à última hora”, diz a nota. Gurgel disse em sua recusa que não poderia ir ao debate por ter compromissos marcados.

A ANPR informou que respeita a prerrogativa constitucional dos parlamentares de emitirem opiniões, mas ressalta que o direito constitucional de manifesta-las impunemente não é absoluto. “Infelizmente parecem ter sido extrapolados os limites dos fatos e da realidade”, conclui a nota.

Jornal Midiamax