Geral

Presidente regional do DEM prefere apoiar Azambuja a Giroto

Ze Teixeira, no entanto, reconhece que lideranças do partido pensam de maneira diferente, por isso, cogita consultar a direção nacional antes de definir o destino do partido na Capital

Arquivo Publicado em 05/03/2012, às 19h30

None
1896274061.jpg

Ze Teixeira, no entanto, reconhece que lideranças do partido pensam de maneira diferente, por isso, cogita consultar a direção nacional antes de definir o destino do partido na Capital

Ausente do ato de lançamento da pré-candidatura do deputado federal Edson Giroto (PMDB) a prefeito da Capital, o presidente regional do DEM, deputado estadual Zé Teixeira, evidenciou hoje, em entrevista por telefone ao Midiamax, sua preferência pela pré-candidatura do deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB).


Ele, entretanto, reconheceu observar diferentes opiniões no partido, como exemplo citou o presidente municipal da legenda, vereador Airton Saraiva, que defende aliança com o PMDB. Diante do impasse, Teixeira cogita consultar a direção nacional da sigla antes de definir o destino do DEM na Capital.


“A orientação que receber da cúpula nacional, vou seguir”, adiantou. Em nível nacional, DEM e PSDB são aliados históricos e se articulam para reproduzir a parceria na disputa por prefeituras estratégicas.


Críticas


Teixeira ainda desferiu críticas ao PMDB e informou estar do lado do partido no Estado apenas em consideração ao governador André Puccinelli (PMDB). “O PMDB faz de tudo para conquistar parceiros, mas quando está no governo ninguém é ouvido”, comentou. Na administração de Nelsinho Trad (PMDB), por exemplo, o dirigente do DEM informou que o partido não tem espaço.
Sobre a pré-candidatura de Azambuja, Teixeira foi só elogios. “É um homem preparadíssimo, que tirou Maracaju do buraco e, independentemente de política, tenho uma aproximação muito grande com ele”, contou.


Apesar de sua preferência pessoal pelo tucano, Teixeira dará importância à opinião do deputado federal Luiz Henrique Mandetta. “Por uma questão de hierarquia, ele terá papel fundamental na discussão”, disse. Ele adiantou ainda saber da preferência do parlamentar pela pré-candidatura de Giroto. “O problema é a aproximação pessoal do Mandetta com o Nelsinho”, explicou.

Jornal Midiamax