Geral

Presidente da Associação de Supermercados é investigado por venda de produtos estragados

Laudo da vigilância sanitária encontrou no supermercado de propriedade de Acelino, produtos que colocavam em risco a saúde dos clientes.

Arquivo Publicado em 27/12/2012, às 12h55

None
494788532.jpg

Laudo da vigilância sanitária encontrou no supermercado de propriedade de Acelino, produtos que colocavam em risco a saúde dos clientes.

O presidente da Amas (Associação Sul-Mato-Grossense de Supermercados), Acelino Cristaldo, foi denunciado à Justiça pelo MPE (Ministério Público Estadual) no último dia 12 de dezembro, por vender produtos impróprios para consumo. Acelino é proprietário de um supermercado em Sidrolândia – distante a 70 km de Campo Grande, o qual teve as mercadorias apreendidas pela Vigilância Sanitária e incineradas no aterro sanitário da cidade.

Segundo a denúncia, o supermercado Nandas, de propriedade de Acelino, estava oferecendo aos clientes mercadorias impróprias para consumo humano e fora das condições de padrão e armazenamento.

A irregularidade dos produtos foi constatada pela Vigilância Sanitária de Saúde de Sidrolândia, que apreendeu tudo o que estava fora do padrão de consumo e colocava em risco a saúde dos clientes, incinerando as mercadorias no aterro sanitário do município.

O processo sob o número 0002382-69.2010.8.12.0045 corre no juizado da 1ª Vara de Sidrolândia e Acelino ainda deve apresentar defesa e arrolar testemunhas. A reportagem tentou entrar em contato com o presidente da Amas, mas não obteve resposta.

Jornal Midiamax