Geral

Prêmio Guavira de Literatura recebe 82 livros inscritos de todo o país

A Fundação de Cultura do governo do Estado recebeu 82 inscrições de autores de todo o país para o Prêmio Guavira de Literatura de Mato Grosso do Sul. Destinado a escritores brasileiros, contemplará os vencedores com R$ 10 mil. As obras literárias concorrem nas categorias Romance, Conto, Poesia e Crônica. Das 82 inscrições recebidas pela […]

Arquivo Publicado em 18/07/2012, às 14h26

None
153519590.JPG

A Fundação de Cultura do governo do Estado recebeu 82 inscrições de autores de todo o país para o Prêmio Guavira de Literatura de Mato Grosso do Sul. Destinado a escritores brasileiros, contemplará os vencedores com R$ 10 mil. As obras literárias concorrem nas categorias Romance, Conto, Poesia e Crônica.


Das 82 inscrições recebidas pela Comissão Especial de Análise Documental, que teve o mérito de avaliar todos os documentos enviados pelos concorrentes, 18 projetos foram considerados inabilitados.


As obras inscritas partiram de 14 estados brasileiros. De Mato Grosso do Sul participam do Prêmio Guavira de Literatura 17 livros. São Paulo foi o estado com o maior número de inscritos: 22 autores concorrem ao prêmio.


“A quantidade de inscritos nesta primeira edição do Prêmio Guavira revela a pujança criativa e produtiva da literatura brasileira no atual momento. Nossa divulgação utilizou-se das novas mídias basicamente e tivemos um retorno considerado excepcional para um prêmio literário. É Mato Grosso do Sul inserido também no cenário nacional desta área”, analisa o presidente da Fundação de Cultura, Américo Calheiros.


O Prêmio Guavira de Literatura de Mato Grosso do Sul contempla obras em língua portuguesa e editadas no país. As obras habilitadas passarão por uma nova fase de análise, que definirá os vencedores.


Serão adotados na seleção, além dos critérios subjetivos de qualidade e originalidade textual, o impacto cultural e social da obra; a excelência do conteúdo de acordo com a natureza de cada categoria; a criatividade e dados que contribuam com a promoção do livro e a formação de novos leitores.


Para a Comissão Especial de Licitação Julgadora serão escolhidos professores, escritores, livreiros, críticos literários, profissionais atuantes da área literária e membros da sociedade civil de notável atuação no setor cultural.


A comissão julgadora avaliará e selecionará, em cada categoria, duas obras que julgar merecedoras do prêmio, classificando-as respectivamente em primeiro e segundo lugar. O resultado final da seleção será divulgado pela Fundação de Cultura e publicado no Diário Oficial do Estado.


Serviço: Os resultados da etapa de habilitação estão disponíveis no Diário Oficial do Estado.

Jornal Midiamax