Geral

Prefeitura promove curso para os Conselhos Regionais

Na manhã deste sábado (14), será ministrada a aula inaugural do segundo curso de capacitação dos Conselhos Regionais. O curso tem o objetivo de fortalecer o papel dos líderes comunitários como agentes de transformação e de mobilização social. A capacitação acontecerá de abril a junho deste ano, para 100 conselheiros, divididos em duas turmas. Para […]

Arquivo Publicado em 13/04/2012, às 19h58

None

Na manhã deste sábado (14), será ministrada a aula inaugural do segundo curso de capacitação dos Conselhos Regionais. O curso tem o objetivo de fortalecer o papel dos líderes comunitários como agentes de transformação e de mobilização social. A capacitação acontecerá de abril a junho deste ano, para 100 conselheiros, divididos em duas turmas.


Para o professor e coordenador da equipe de ministrantes, Heitor Romero Marques, esta capacitação é uma oportunidade concreta que a prefeitura municipal tem de fortalecer a gestão participativa a partir das bases populares.


“A importância desse curso é a possibilidade de dar continuidade ao que já vem sendo feito de longa data, não apenas no sentido de privilegiar a pessoa do conselheiro, mas a comunidade e a região que ele representa”.


Desde 1998, os Conselhos Regionais realizam um importante papel na administração pública, sendo os responsáveis por garantir uma gestão mais democrática, à medida que participam e acompanham as decisões municipais, como por exemplo, a discussão do Orçamento Municipal, além de informar a prefeitura das demandas dos seus bairros.


Dessa maneira, para prepará-los cada vez mais para esta função cidadã, o Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Planurb) organizou, pela segunda vez, o curso de capacitação, o qual possui conteúdo programático especialmente desenvolvido para os líderes comunitários, com aulas expositivas, estudos de casos, debates, pesquisa de campo, oficinas de trabalho em grupo, vivências do cotidiano e elaboração de projetos.


“A característica fundamental deste curso é propiciar, com metodologia bastante acessível, uma reflexão sobre as questões comunitárias da atualidade, para que a partir da problematização, os conselheiros possam elaborar projetos de intervenção na comunidade, com apoio da municipalidade”, explicou o professor Heitor.


Os temas abordados serão os seguintes:


– Desenvolvimento local em territórios inteligentes;


– Mundo em rede e as novas condições sistêmicas da vida;


– Papel ativo na sustentabilidade de territórios locais;


– Aprendizado coletivo e inovação na sustentabilidade do desenvolvimento;


– Territórios inteligentes e os meios inovadores;


– Solidariedade em rede e novos formatos organizacionais estratégicos de desenvolvimento local;


– Modos de governar e governança;


– Tecnologia social em processos de inovação do território local.


Segundo Terezinha Zandavalli de Figueiredo, coordenadora geral do curso, os conselheiros terão a possibilidade de elaborar projetos voltados para comunidade com acompanhamento de tutores monitorados pelos ministrantes.


“Eles serão preparados para reconhecerem as potencialidades dos locais onde atuam, transformando seus territórios em territórios inteligentes, melhorando assim a vida da comunidade que representam”.


Para a diretora-presidente do Planurb, Marta Martinez, o ponto principal é ratificar o conceito de região, reforçando o processo de identidade. “A cidade trabalha com mais de trinta conselhos, então é toda uma rede que desenvolve um trabalho para a administração pública. E os conselheiros regionais, fazendo parte disso, precisam fortalecer ainda mais a ideia que representam e trabalham para um grupo, para toda sua região.”

Jornal Midiamax