Geral

Prefeitos, pecuaristas e empresários são maioria entre candidatos a prefeitos em MS

Mais de 11% dos 210 candidatos registrados e considerados aptos pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral) para disputar as 79 prefeituras de Mato Grosso do Sul neste domingo (7) declararam como ocupação profissional a função de prefeito. São 24 chefes do executivo municipal lutando para continuarem no cargo, que ganha assim status de profissão. Em segundo […]

Arquivo Publicado em 07/10/2012, às 16h00

None
1290426188.jpg

Mais de 11% dos 210 candidatos registrados e considerados aptos pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral) para disputar as 79 prefeituras de Mato Grosso do Sul neste domingo (7) declararam como ocupação profissional a função de prefeito.


São 24 chefes do executivo municipal lutando para continuarem no cargo, que ganha assim status de profissão.


Em segundo lugar no ranking das ocupações dos candidatos a prefeito em MS, aparecem os pecuaristas, que são 15 e representam 7,1% do total de concorrentes. Em terceiro estão os empresários, que são 14.


Na quarta colocação, um empate entre advogados e vereadores, que são 13 cada e representam 6,19% do total de candidatos a prefeito.


Em seguida, destaque para os médicos, com 12 candidatos, no total. São ainda 11 comerciantes e 10 professores do ensino médio, além de nove servidores públicos estaduais. Na décima posição do ranking de ocupações, aparecem empatados os agricultores, produtores agropecuários e servidores públicos municipais, com sete candidatos cada carreira.


Outros destaques são os seis deputados que tentam pular do legislativo para executivos municipais e disputam uma vaga de prefeito.


Confira na listagem anexa todas as ocupações declaradas pelos candidatos a prefeito à Justiça Eleitoral de Mato Grosso do Sul.

Jornal Midiamax