Geral

Portuguesa vence por 3 a 0 e aumenta drama do Palmeiras na zona do rebaixamento

No confronto entre dois times ameaçados de rebaixamento, a Portuguesa levou a melhor e venceu o Palmeiras por 3 a 0, nesta quarta-feira à noite, no Canindé. Com o resultado, a Lusa soma 25 pontos, 9 a mais que o time alviverde, que segue dentro da zona de risco do Brasileirão.“Temos que trabalhar a cada […]

Arquivo Publicado em 30/08/2012, às 01h19

None

No confronto entre dois times ameaçados de rebaixamento, a Portuguesa levou a melhor e venceu o Palmeiras por 3 a 0, nesta quarta-feira à noite, no Canindé. Com o resultado, a Lusa soma 25 pontos, 9 a mais que o time alviverde, que segue dentro da zona de risco do Brasileirão.
“Temos que trabalhar a cada dia para melhorarmos a situação. É complicado, a gente sabe. Não podemos deixar afunilar mais, não”, lamentou Obina ao site oficial do Palmeiras.


Bruno Mineiro fez dois gols. Moisés marcou outro gol da Lusa. Foi a terceira derrota consecutiva do Palmeiras no Nacional. Já a equipe rubro-verde voltou a vencer após duas partidas.


O resultado de 3 a 0 refletiu o bom desempenho da Portuguesa, muito superior ao Palmeiras em campo. A equipe do Canindé apresentou futebol equilibrado e direcionado para os contragolpes.

O primeiro goleiro a trabalhar foi o palmeirense Bruno. Depois de chutão na intermediária, a zaga palmeirense parou e deixou Moisés livre para finalizar na etapa inicial.

Com pressa, o meia desperdiçou a chance ao tentar cabecear direto para o gol. A resposta veio sete minutos depois, com Hernán Barcos cruzando e errando a medida em centímetros. Betinho, de peixinho, não conseguiu encontrar a bola.

Depois das duas chances nos 15 primeiros minutos, os goleiros passaram a trabalhar muito pouco. Bruno, por exemplo, só espalmou bolas em chutes de longe da área, enquanto que Dida só precisou cortar cruzamentos. Quem trabalhou de verdade foi o árbitro Wilson Luiz Seneme. Só por causa da participação de Valdivia, o árbitro fez sete intervenções e mostrar três cartões amarelos, sendo um deles para o próprio palmeirense, que não gostou da entrada que sofreu de Ananias.

Os três gols da partida aconteceram após o intervalo. No primeiro gol, Bruno Mineiro recebeu cruzamento de Ananias, deu drible da vaca em Correa, e de cabeça, colocou no ângulo do gol de Bruno, aos 5 min.

No segundo gol, Ananias tocou para Rogério, que chutou forte. Na sobra de bola, Bruno Mineiro completou para a rede, aos 25 min da etapa final.

O Palmeiras tentou diminuir, mas a Lusa sacramentou a vitória aos 40 min do segundo tempo. Moisés dominou a bola na área, girou em cima do marcador e chutou no canto esquerdo de Bruno.
Ver em tamanho maior
20ª rodada do Brasileirão

Jornal Midiamax