Geral

Populares incendeiam casa de rapaz que matou amigo de infância no interior de MS

Populares atearam fogo, no final da tarde desta sexta-feira, na casa de Thiago Aquino Paiva, de 23 anos. Na noite de ontem ele matou a tiros o vizinho e amigo de infância Matheus Barbosa Silva, da mesma idade. A polícia esteve na casa de Thiago, ainda foragido, e não se sabe as causas do incêndio. […]

Arquivo Publicado em 01/09/2012, às 01h41

None

Populares atearam fogo, no final da tarde desta sexta-feira, na casa de Thiago Aquino Paiva, de 23 anos. Na noite de ontem ele matou a tiros o vizinho e amigo de infância Matheus Barbosa Silva, da mesma idade.


A polícia esteve na casa de Thiago, ainda foragido, e não se sabe as causas do incêndio. No entanto, a principal suspeita é que, por vingança, populares incendiaram a casa do rapaz.


As chamas iniciaram aos fundos da casa de madeira. O Corpo de Bombeiros compareceu ao local e conseguiu evitar destruição total da residência.


Conforme noticiou o Dourados Agora, Matheus Barbosa Silva foi morto a tiros pelo amigo de infância e vizinho, depois de livrá-lo da cadeia, onde estava preso por atraso no pagamento de pensão ao filho. A vítima arrumou o dinheiro para quitar a dívida e a fiança arbitrada pela polícia anteontem, um dia antes de morrer.


O crime de homicídio aconteceu na noite desta quinta-feira, por volta das 22h30, na Rua Monte Alegre no Jardim Guanabara.


De acordo com o boletim de ocorrência registrado na delegacia da Polícia Civil, ambos tinham acabado de chegar de um bar, onde estiveram em companhia de amigos bebendo cerveja. Na volta para casa, eles discutiram por motivos banais, em frente a casa de Matheus, onde Thiago atirou contra o amigo.


Matheus levou dois tiros, no peito e abdome. Quando os socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegaram, minutos depois, ele já estava morto.

Jornal Midiamax