Geral

PMA autua fazendeiro em R$ 1,8 mil por exploração de madeira ilegal

Uma equipe da Polícia Militar Ambiental de Rio Negro (MS), em fiscalização no município de Rochedo (MS) autuou ontem no final da tarde, um fazendeiro por exploração ilegal de produtos florestais. Na fazenda Barreirinho, os policiais encontraram armazenados 3 m³ de madeira em vigas e tábuas da espécie “Vinhático”, que tinha sido beneficiada de 6 […]

Arquivo Publicado em 28/08/2012, às 14h56

None

Uma equipe da Polícia Militar Ambiental de Rio Negro (MS), em fiscalização no município de Rochedo (MS) autuou ontem no final da tarde, um fazendeiro por exploração ilegal de produtos florestais. Na fazenda Barreirinho, os policiais encontraram armazenados 3 m³ de madeira em vigas e tábuas da espécie “Vinhático”, que tinha sido beneficiada de 6 árvores derrubadas sem autorização ambiental (DOF – Documento de Origem Florestal). A madeira foi apreendida.


O proprietário da fazenda e dono da madeira, residente em Campo Grande (MS) recebeu multa administrativa no valor de R$ 1.800,00. Ele também responderá pelo crime ambiental. Se condenado poderá receber pena de 06 meses a 01 ano de detenção.


A PMA alerta que os proprietários rurais podem aproveitar até 20 m³ de madeira desvitalizada em sua propriedade. É só fazer um requerimento junto à SEMAC/IMASUL. Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul – PORTARIA IMASUL/MS N. 057 DE 17 de SETEMBRO DE 2007.

Jornal Midiamax