Geral

PM que matou um homem e feriu outras quatro pessoas está detido

A delegada Fernanda Félix Mendes da Depac (Delegacia Especializada de Pronto Atendimento Comunitário), que investiga o caso do homicídio envolvendo dois policiais militares e uma policial civil, , na madrugada deste domingo (1º) informou que deve ouvir todos os envolvidos no caso até o final desta tarde.  De acordo com a delegada, o autor dos […]

Arquivo Publicado em 01/01/2012, às 13h49

None

A delegada Fernanda Félix Mendes da Depac (Delegacia Especializada de Pronto Atendimento Comunitário), que investiga o caso do homicídio envolvendo dois policiais militares e uma policial civil, , na madrugada deste domingo (1º) informou que deve ouvir todos os envolvidos no caso até o final desta tarde. 

De acordo com a delegada, o autor dos disparos que mataram Wilson Meaurio e feriram sua esposa, dois adolescentes de 15 anos e uma criança de 10 anos, foi um policial militar, como informado anteriormente e que eles estaria acompanhado de sua irmã, que é policial civil. Ela divulgou apenas o primeiro nome do PM, Samuel. Outro irmão, que também é PM, é ouvido.

A delegada disse que testemunhas relataram que o policial freou o veículo bruscamente para não atropelar duas pessoas e que em seguida houve uma discussão. O policial militar pegou a arma no carro e começou a atirar. A policial civil também efetuou disparos para o alto, em via pública.

Na casa de Wilson Meaurio havia cerca de onze pessoas, incluindo sua esposa, os adolescentes e a criança que ficaram feridos.Os fatos ainda são investigados pela polícia, que segue ouvindo testemunhas. O autor foi detido sob a acusação homicídio e tentativa de homicídio. Já sua irmã, a policial civil, será autuada por efetuar disparos em via pública sem necessidade.

Jornal Midiamax