Geral

PM prende terceiro integrante envolvido em roubo a Agência dos Correios de Mundo Novo

Na tarde de ontem (6) a Policia Militar de Naviraí, prendeu Wagner de Matos Mascarenhas Martins, de 29 anos, acusado de ser o terceiro integrante do grupo que assaltou na manhã de quarta-feira (5) uma Agência dos correios da cidade de Mundo Novo. Wagner, foi preso momento em que caminhava pela avenida Amélia Fukuda no […]

Arquivo Publicado em 07/12/2012, às 13h34

None
858058218.jpg

Na tarde de ontem (6) a Policia Militar de Naviraí, prendeu Wagner de Matos Mascarenhas Martins, de 29 anos, acusado de ser o terceiro integrante do grupo que assaltou na manhã de quarta-feira (5) uma Agência dos correios da cidade de Mundo Novo.


Wagner, foi preso momento em que caminhava pela avenida Amélia Fukuda no centro de Naviraí, onde foi reconhecido por um cabo da PM, que ou velo acionou a COPOM da Policia Militar, que de imediato deslocou uma viatura para o local.


Os policiais ao chegarem ao local abordaram Wagner momento em que ele chegava para pernoitar no presídio semiaberto onde está cumprindo pena.


Ao ser abordado Wagner confessou a participação ao roubo a Agencia dos Correios de Mundo Novo, não resistindo assim à voz de prisão.


O cabo da polícia militar que reconheceu Wagner, estava de serviço na barreira policial montada na cidade de Itaquirai no dia em que aconteceu o roubo,e assim juntamente com soa demais policias abordaram o carro em que os assaltantes conduziam. Wagner ao saltar do carro foi visto pelo cabo da PM antes de adentrar em meio a um matagal. Ontem Wagner foi reconhecido pelo mesmo cabo da PM que estava de folga e a paisana em Naviraí, e assim assinou a PM, que efetuou a prisão de Wagner.


Ao ser preso Wagner foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Federal de Naviraí, que está investigando o caso por se tratar de um crime contra a União.


Assim como Wagner, Valdir e Jose Carlos,que foram presos em flagrante no dia em que cometeram o assalto , e no momento de suas prisões foi encontrados com eles duas munições cal. 38, e a quantia de R$ 540.00, em dinheiro, também encontram-se preso na Delegacia de Polícia Federal de Naviraí.


A Polícia Federal prossegue com as investigações do caso para localizar e recuperar o restante do dinheiro roubado e os objetos que foram furtados das vitimas.

Jornal Midiamax