Geral

PM é esfaqueado no rosto após discutir com homem armado em festa

O cabo da Polícia Militar, Edvaldo Santana da Silva, de 47 anos, levou vários golpes de faca na região do rosto, na noite desta terça-feira (26), por volta das 22h, depois de discutir com um homem que exibia um revólver calibre 38 em uma festa, no bairro Jardim Aeroporto, em Campo Grande. O fato ocorreu […]

Arquivo Publicado em 26/12/2012, às 11h20

None

O cabo da Polícia Militar, Edvaldo Santana da Silva, de 47 anos, levou vários golpes de faca na região do rosto, na noite desta terça-feira (26), por volta das 22h, depois de discutir com um homem que exibia um revólver calibre 38 em uma festa, no bairro Jardim Aeroporto, em Campo Grande.

O fato ocorreu em frente à residência do autor, Lauro de Freitas Moreira, de 24 anos, que fica na rua Navios Negreiros, no Jardim Aeroporto. De acordo com a polícia, Lauro estaria em uma festa na casa que fica no mesmo bairro, na rua Aroioses, exibindo uma arma de fogo. Portanto, ele acabou se desentendendo com várias pessoas.

Conforme o registro policial, o proprietário da residência solicitou para Lauro guardar o revólver, e com muito custo, ele atendeu o pedido. Em seguida, foi embora, mas prometeu voltar. Em frente a sua casa, Lauro acabou entrando em luta corporal com o PM Edvaldo, que estaria de folga.

Após desferir golpes no queixo e na cabeça de Edvaldo, Lauro fugiu. A vítima foi levada para Santa Casa. No momento, Edvaldo se encontra hospitalizado, e de acordo com a polícia civil, seu quadro é considerado regular, sem risco de morte.

Apesar das diligencias pela redondeza, Lauro ainda não foi detido. Mas a arma de fogo, as munições, o coldre e a faca com vestígios de sangue foram apreendidos. O crime ficou registrado como homicídio doloso na forma tentada na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro.

Jornal Midiamax