Geral

PF desencadeia Operação Rio dos Sinos em Mato Grosso do Sul e mais dois estados

A Polícia Federal desencadeou hoje, 13, a Operação Rio dos Sinos, de combate ao tráfico de drogas. Estão sendo cumpridos 14 mandados de prisão preventiva e 11 mandados de busca e apreensão nas cidades de Viamão e São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, Imbituba e Camboriu, em Santa Catarina, e Aral Moreira e Ponta […]

Arquivo Publicado em 13/06/2012, às 18h34

None

A Polícia Federal desencadeou hoje, 13, a Operação Rio dos Sinos, de combate ao tráfico de drogas. Estão sendo cumpridos 14 mandados de prisão preventiva e 11 mandados de busca e apreensão nas cidades de Viamão e São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, Imbituba e Camboriu, em Santa Catarina, e Aral Moreira e Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul. Dois sítios na região metropolitana de Porto Alegre são alvo de buscas pela PF.

A investigação iniciou em junho de 2011 e identificou a atuação de organização criminosa com grande atuação em Porto Alegre e cidades vizinhas.

Os fornecedores estão baseados no Mato Grosso do Sul, nas cidades de Aral Moreira e Ponta Porã, e distribuem drogas para o Rio Grande do Sul, regiões da grande Porto Alegre, do Vale do Sinos e da Serra Gaúcha, e para Santa Catarina, em Balneário Camboriu e Imbituba. A estimativa é de que o grupo recebia cerca de 40 quilos de cocaína por semana para distribuição aos pontos de venda de drogas.

Os integrantes do grupo e o seu patrimônio foram identificados ao longo da fase investigativa. Oito prisões em flagrante foram realizadas entre janeiro e abril deste ano, com 92 quilos de cocaína e 152 de maconha apreendidos, além de veículos, armas e munições, que contribuíram para caracterizar e comprovar a materialidade da atuação no tráfico de drogas.

As contas bancárias dos integrantes do grupo foram bloqueadas e o patrimônio encontrado sequestrado. A finalidade é descapitalizar a organização, impossibilitando, assim, o retorno à atividade criminosa.

O nome da operação deve-se ao fato de que o alvo originário possuía como base operacional de distribuição de drogas o município de São Leopoldo (RS), no Vale do Sinos.

Jornal Midiamax