Geral

Petróleo fecha abaixo dos US$ 100 em um mercado menos vigoroso

O petróleo fechou em leve alta nesta quinta-feira em Nova York, apesar de continuar abaixo dos 100 dólares, em um mercado impulsionado pelas declarações do banco central americano (Fed), apesar de menos vigoroso. O barril de “light sweet crude” (WTI) com entrega em março avançou 30 centavos em relação ao fechamento de quarta-feira, a 99,70 […]

Arquivo Publicado em 26/01/2012, às 23h51

None

O petróleo fechou em leve alta nesta quinta-feira em Nova York, apesar de continuar abaixo dos 100 dólares, em um mercado impulsionado pelas declarações do banco central americano (Fed), apesar de menos vigoroso.


O barril de “light sweet crude” (WTI) com entrega em março avançou 30 centavos em relação ao fechamento de quarta-feira, a 99,70 dólares no New York Mercantile Exchange.


Em Londres, o barril de Brent do Mar do Norte com a mesma data de entrega fechou a 110,79 dólares no Intercontinental Exchange (ICE), uma alta de 98 centavos.


Depois de ter iniciado a sessão em Nova York em alta, o petróleo caiu abaixo dos 100 dólares, o mercado de matérias-primas mostrou-se mais frio em relação à publicação dos dados macroeconômicos.


“O apetite pelo risco e a volatilidade foi alto ontem, depois dos anúncios do Fed, mas hoje os investidores são mais reticentes em tomar riscos para aumentar seus lucros”, constatou Bart Melek, da TD Securities.


“No entanto, os rumores que circularam sobre o fato de que o Irã estaria mais disposto a discutir o tema nuclear e que isso vai reduzir a tensão no front geopolítico”, completou Mekek.


Irã, segundo disse seu presidente Mahmoud Ahmadinejad, declarou-se nesta quinta-feira pronto para negociar sobre o programa nuclear com as grandes potências, tentando minimizar o impacto das novas sanções ocidentais contra Teerã.

Jornal Midiamax