Geral

Pesquisa indica que otimismo dos brasileiros bate recorde pelo terceiro ano seguido

A proporção de otimistas no Brasil, de acordo com o Barômetro Global de Otimismo divulgado na última quarta-feira (18), praticamente dobrou em 32 anos

Arquivo Publicado em 21/01/2012, às 01h19

None
2047996467.jpg

A proporção de otimistas no Brasil, de acordo com o Barômetro Global de Otimismo divulgado na última quarta-feira (18), praticamente dobrou em 32 anos

O ano de 2012 será melhor que 2011 na opinião de 74% dos brasileiros consultados em pesquisa realizada pelo Ibope Inteligência, em parceria com a empresa Worldwide Independent Network of Market Research (WIN).


O resultado é recorde pelo terceiro ano seguido – em 2010 o percentual foi de 71% e, em 2011, de 73%. A proporção de otimistas no Brasil, de acordo com o Barômetro Global de Otimismo divulgado na última quarta-feira (18), praticamente dobrou em 32 anos, já que em 1980 essa parcela era de apenas 38%.


Para o deputado federal Vander Loubet (PT-MS), os números mostram o alto grau de confiança da população no governo federal. “Desde a chegada de Lula à Presidência, em 2003, o Brasil está experimentando um período de grande desenvolvimento econômico, de prosperidade, e que melhorou a qualidade de vida de toda a população, independente da classe social. Obviamente, isso se traduz em otimismo, pois esse trabalho está tendo continuidade com Dilma”, destacou o parlamentar sul-mato-grossense.


Prosperidade


A pesquisa identifica otimismo também em relação à situação econômica dos brasileiros. Para 60% dos consultados, 2012 será um ano de prosperidade. Esse índice é praticamente o dobro da média da população que se considera otimista em 58 países pesquisados, onde apenas 32% acreditam que o ano será de prosperidade.


A África é o continente que começou o ano mais confiante em relação à economia (68%), seguido da América Latina (54%). A região menos otimista é o oeste europeu, cenário da maior crise econômica da atualidade, onde só 7% estão confiantes de que o ano será de prosperidade. No leste europeu esse índice foi de 14%.


Satisfação


A sondagem do Ibope e da WIN mostra que 76% dos brasileiros declararam estar satisfeitos com suas vidas hoje, patamar acima da média global, que é de 53%. O Sul é onde está a maior parcela de pessoas satisfeitas com sua vida (81%), seguido pelo Sudeste (76%) e pelo Nordeste, Norte e Centro-Oeste (ambas com 75%).


No ranking dos 58 países pesquisados, o Brasil aparece na sexta posição do índice de felicidade, atrás de Fiji, Nigéria, Gana, Holanda e Suíça. Os habitantes da Romênia e do Egito são os mais infelizes, com índices de 39% e 36%, respectivamente.


O Barômetro Global de Otimismo busca medir a expectativa da população mundial para o ano que se inicia. Foram entrevistadas 52.913 pessoas em 58 países. No Brasil, foram 2.002 cidadãos com mais de 16 anos em 142 municípios, entre os dias 8 e 12 de dezembro de 2011.

Jornal Midiamax