Geral

Perto do tri, Vettel bate Hamilton no fim e lidera 1º treino nos EUA

Sebastian Vettel mostrou que está disposto a garantir já neste domingo o tricampeonato da Fórmula 1. Com propriedade, o jovem da Red Bull fez o melhor tempo do primeiro treino livre nesta sexta-feira para o Grande Prêmio de Austin, nos Estados Unidos, com grande vantagem sobre os demais adversários – especialmente o espanhol Fernando Alonso, […]

Arquivo Publicado em 16/11/2012, às 16h52

None

Sebastian Vettel mostrou que está disposto a garantir já neste domingo o tricampeonato da Fórmula 1. Com propriedade, o jovem da Red Bull fez o melhor tempo do primeiro treino livre nesta sexta-feira para o Grande Prêmio de Austin, nos Estados Unidos, com grande vantagem sobre os demais adversários – especialmente o espanhol Fernando Alonso, seu único rival na briga pelo Mundial de Pilotos.


Embora tenha ficado atrás do inglês Lewis Hamilton durante boa parte da sessão, Vettel terminou a prática com uma marca impressionante de 1min38s125, com uma diferença considerável sobre o rival da McLaren, que ficou com um tempo 1s418 acima. Alonso, por sua vez, ficou ainda mais atrás: o ferrarista acabou no terceiro lugar da sessão, a 2s212 do rival da Red Bull.


Hamilton, que deixará a McLaren ao final desta temporada para correr pela Mercedes em 2013, não possui mais chance de título. O inglês campeão de 2008 é atualmente o quinto da classificação com 165 pontos, contra 255 de Vettel (restando 50 em jogo). Apenas Alonso, que tem 245, pode impedir que o alemão da Red Bull seja tri da F1.


Jenson Button, da McLaren, e Mark Webber, da Red Bull, completaram a lista dos cinco primeiros colocados. Já os carros da Lotus não foram bem. O finlandês Kimi Raikkonen, vencedor do GP de Abu Dhabi, foi apenas o 14º colocado, seguido de seu companheiro de equipe, o francês Romain Grosjean.


Entre os brasileiros que estão no grid da Fórmula 1, o ferrarista Felipe Massa foi o sexto piloto mais rápido. Já Bruno Senna, da Williams, teve um desempenho muito ruim, terminando apenas na antepenúltima posição.


Este é o primeiro GP dos Estados Unidos desde o ano de 2007. Além disso, é a corrida inaugural do Circuito das Américas, em Austin. Em razão disso, a Pirelli, fornecedora de pneus da categoria foi conservadora e trouxe os compostos duros e médios. Cada equipe ganhou um jogo de pneus extra para aprender a usar a pista sem maiores problemas.


Os carros retornam à pista em Austin, no Texas, ainda nesta sexta-feira, para o segundo treino livre, agendado para as 17h (de Brasília). No sábado, o cronograma prevê a terceira sessão livre para as 13h, enquanto o treino classificatório será às 17h. Penúltima etapa da temporada, o GP dos Estados Unidos está marcado para as 17h de domingo.

Jornal Midiamax