Geral

Pego em blitz, Huck brinca: deveria ter seguido esposa e escolhido “ir de taxi”

Na tarde deste domingo (2), Luciano Huck confirmou, por meio de uma mensagem em seu perfil no Facebook, que foi parado na blitz da Lei Seca durante a madrugada e se recusou a fazer o teste do bafômetro. O apresentador ainda “brincou” que deveria ter ido de táxi, em referência à canção Vou de Táxi, […]

Arquivo Publicado em 02/12/2012, às 19h32

None

Na tarde deste domingo (2), Luciano Huck confirmou, por meio de uma mensagem em seu perfil no Facebook, que foi parado na blitz da Lei Seca durante a madrugada e se recusou a fazer o teste do bafômetro.



O apresentador ainda “brincou” que deveria ter ido de táxi, em referência à canção Vou de Táxi, sucesso da mulher, Angélica, em 1988. “Deveria ter seguido o exemplo da minha esposa, e “ir de taxi”. Apoio amplamente a Operação Lei Seca. E acredito que um dos seus maiores ativos é que, de fato, vale para todos. Não tem “jeitinho” para ninguém”, escreveu.



Huck continuou explicando: “ontem à noite, jantei em nossa casa e tomei um copo de vinho. Antes de dormir resolvi dar um abraço em um amigo que completava 70 anos de vida e 50 de TV, em um clube a 800 m de nossa casa. Fui parado na blitz, e achei melhor não fazer o teste do bafômetro. E agora pago, consciente, as consequências. Valeu a lição. E vale, também, ressaltar a educação dos policias e agentes que estavam envolvidos na operação. Vida longa à Operação Lei Seca. E que venha a Operação Parar Sobre a Faixa. Operação Jogar Lixo no Chão. Operação Respeite os Ciclistas. Operação Pedestre. Entre tantas outras”.



Além de receber uma multa de R$ 957,70 e perder 7 pontos na carteira, já que a infração é considerada gravíssima, Huck teve que pedir para o amigo levar seu carro, após liberação do veículo.


Jornal Midiamax