Geral

Passagem de tufão deixa 31 pescadores chineses desaparecidos

Mais de 30 pescadores chineses estavam desaparecidos nesta terça-feira (horário local) depois que dois barcos afundaram por causa do tufão que atingiu a Coreia do Sul, informou a imprensa em Seul. No total, 31 homens estavam a bordo de dois barcos de pesca que afundaram por causa dos ventos e das vagas no sul da […]

Arquivo Publicado em 27/08/2012, às 22h22

None

Mais de 30 pescadores chineses estavam desaparecidos nesta terça-feira (horário local) depois que dois barcos afundaram por causa do tufão que atingiu a Coreia do Sul, informou a imprensa em Seul.


No total, 31 homens estavam a bordo de dois barcos de pesca que afundaram por causa dos ventos e das vagas no sul da ilha de Jeju, revelou a agência de notícias Yonhap, citando a guarda costeira.


A agência estatal de previsão do tempo emitiu um alerta nesta terça-feira para Seul, a capital com cerca de 10 milhões de pessoas, já que o tufão ‘Bolaven’ continua indo em direção ao norte.


O tufão trouxe chuva pesada e ventos fortes para as áreas do sul e oeste do país, causando queda de energia e derrubando postes e torres de igrejas.


As escolas em Jeju foram fechadas ou reduziram suas aulas na segunda-feira e muitas escolas em outras províncias também iam ser fechadas nesta terça, segundo a Yonhap.


Os exércitos da Coreia do Sul e dos EUA pediram uma suspensão temporária de exercícios militares conjuntos de larga-escala que começaram na semana passada, segundo a agência de notícias.

Jornal Midiamax