Geral

Papai Noel desce de rapel para presentear crianças em condomínio

A chegada do Papai Noel, na noite deste sábado (22), foi bem especial para dezenas de crianças residentes no Condomínio América, em Campo Grande. Papai Noel surgiu por volta das 20h, de rapel, partindo do topo de um dos prédios do condomínio, com seu tradicional saco de presentes. O residencial possui quatro torres com nomes […]

Arquivo Publicado em 24/12/2012, às 14h54

None
1620583044.jpg

A chegada do Papai Noel, na noite deste sábado (22), foi bem especial para dezenas de crianças residentes no Condomínio América, em Campo Grande. Papai Noel surgiu por volta das 20h, de rapel, partindo do topo de um dos prédios do condomínio, com seu tradicional saco de presentes.


O residencial possui quatro torres com nomes de países: Brasil, Canadá, México e Argentina, cada uma com cinco andares. Ele desceu do alto do bloco Brasil para surpreender a platéia, e seu trajeto foi acompanhado por potentes holofotes. O local fica na parte mais central do condomínio, em frente à área das piscinas e sauna.


As crianças convidadas para assistir a chegada de Noel receberam presentes de suas famílias. Além disso, para ninguém ficar sem presentes, a garotada também ganhou bolas compradas pelo condomínio, que foram entregues pelo bom velhinho.


A iniciativa partiu da moradora formada em marketing, Larissa Munhoz, que procurou a síndica do condomínio Luvânia Benites, “com a finalidade de realizar a chegada do Papai Noel de forma um pouco diferente, neste ano em que o condomínio foi totalmente enfeitado com uma proposta sustentável, com latinhas penduradas nas árvores, ao invés de bolas, e garrafas pet pintadas e transformadas em objetos de decoração”.


Papai Noel


A identidade secreta do Papai Noel é Fabrício Guarda, morador do próprio condomínio. Ele pratica rapel e se propôs a descer pela parede do bloco para a alegria das crianças. Ao chegar próximo ao segundo andar, Noel dançou ao som de Gingle Bel, e fez muitos acenos para saudar a todos.


Já em solo, foi recepcionado por dezenas de crianças, que o aguardavam ansiosas para abraçá-lo e receber brinquedos. Fabrício comentou, já sem as vestes de Papai Noel, que se tratava de um sonho antigo descer de rapel em comemoração ao Natal, e contou que ficou bastante emocionado ao se vestir de bom velhinho.

Jornal Midiamax