Geral

‘Os selecionados já são cantores’, diz diretor do ‘The Voice Brasil’

Na tarde desta terça-feira (18), acontece no Rio de Janeiro a coletiva de imprensa do programa The Voice Brasil, que estreia no próximo domingo (23), na Rede Globo. “Os profissionais selecionados já são cantores que estão no mercado, mas ainda não conseguiram destaque no cenário musical brasileiro”, explicou Carlos Magalhães, diretor do programa. Ele também […]

Arquivo Publicado em 18/09/2012, às 17h25

None

Na tarde desta terça-feira (18), acontece no Rio de Janeiro a coletiva de imprensa do programa The Voice Brasil, que estreia no próximo domingo (23), na Rede Globo. “Os profissionais selecionados já são cantores que estão no mercado, mas ainda não conseguiram destaque no cenário musical brasileiro”, explicou Carlos Magalhães, diretor do programa. Ele também ressaltou que não são pessoas “cruas e sem experiência”. “Eles já cantam há algum tempo e procuram um lugar ao sol”, disse.

Carlinhos Brown, Cláudia Leitte, Daniel e Lulu Santos formam a banca de treinadores do programa. O programa tem um diferencial dos outros reality shows musicais: na primeira fase de audição, os jurados ficam de costas para os cantores, analisando apenas a voz dos concorrentes.

Além dos quatro artistas, Tiago Leifert e Daniele Suzuki completam o time que comandam a atração – o jornalista será o apresentador e a atriz mostrará os bastidores da competição.
O The Voice Brasil será dividido em três fases, de audição, batalhas e os aguardados shows ao vivo. Nas audições, enquanto estiverem de costas, os jurados podem apertar um botão se gostarem da voz do participante, e assim o cantor passa a fazer parte do time desse treinador. Se mais de um apertar o botão, o concorrente pode escolher com quem prefere trabalhar. No total, cada técnico terá uma equipe com 12 concorrentes.

Depois vem a fase das batalhas, com duetos entre os integrantes do mesmo time. Após a apresentação, um continua na competição, enquanto o outro é eliminado. Com os times reduzidos pela metade, chega a etapa de shows ao vivo, com votação do público. Após as eliminações, cada treinador terá apenas um competidor. O vencedor leva o prêmio de R$ 500 mil, além de um álbum que será gravado pela Universal Music.

Jornal Midiamax