Geral

‘Os Porralokinhas’ será apresentado no CineMIS

A Fundação de Cultura do governo do Estado, por meio do MIS (Museu da Imagem e do SOM), inicia no mês de dezembro o Programa CineMIS Especial de Férias, que se estenderá até fevereiro promovendo a exibição gratuita de filmes nacionais de longa-metragem pertencentes ao seu acervo, de segunda a sexta-feira, sempre às 14 horas. […]

Arquivo Publicado em 10/12/2012, às 11h14

None

A Fundação de Cultura do governo do Estado, por meio do MIS (Museu da Imagem e do SOM), inicia no mês de dezembro o Programa CineMIS Especial de Férias, que se estenderá até fevereiro promovendo a exibição gratuita de filmes nacionais de longa-metragem pertencentes ao seu acervo, de segunda a sexta-feira, sempre às 14 horas.


O MIS de Mato Grosso do Sul tem por finalidade preservar os registros que compõem a memória audiovisual sul-mato-grossense, efetuando a salvaguarda dos bens culturais que formam a identidade cultural do Estado. O acervo do museu, formado a partir de doações particulares e institucionais, é composto por um rico material que contempla categorias como fotografia, vinil, CD, VHS, DVD, película, livro, catálogo e objeto. Desde sua criação, o MIS desenvolve ações museológicas no sentido de contribuir com a formação e a difusão de conhecimento e da cultura no Estado, oferecendo à comunidade uma programação diversificada que compreende palestras, oficinas, cursos, seminários, mostras de cinema e exposições.


Programa CineMIS Especial de Férias


Os filmes que serão exibidos no Programa CineMIS Especial de Férias foram doados pela Agência Nacional do Cinema (Ancine) e compõem um panorama abrangente e diversificado da recente produção cinematográfica nacional – desconhecida por grande parte do público em geral –, possibilitando certa reflexão sobre a identidade brasileira a partir das muitas possibilidades de expressão já realizadas no País por meio da linguagem audiovisual.


Segundo Américo Calheiros, presidente da FCMS, “o Programa CineMIS Especial de Férias democratiza o acesso às produções audiovisuais nacionais, principalmente neste período do ano, quando grande parte da população tem mais disponibilidade de tempo e precisa de opções diferenciadas de lazer, entretenimento e cultura”.


A curadoria e a programação, com indicação etária por dia da semana tem por objetivo melhorar a comunicação/aproximação do público junto ao MIS e foram cuidadosamente produzidas por Ivone Moreira, gestora de Artes e Cultura, e Rodrigo Arce, estagiário do curso de História (UFMS).


10/12/12


Filme – Os Porralokinhas


Classificação indicativa: Livre


Sinopse


1970. Durante um ritual uma indiazinha é salva por um pajé graças aos poderes mágicos do Kambô, um talismã em forma de sapo que é cobiçado por Pierre Caiman (Lúcio Mauro Filho). Ao tentar capturar o talismã Pierre fere o pajé, que lhe roga uma maldição: diariamente nascerá uma escama sobre seu corpo até que se torne um homem-jacaré. Auxiliada por um explorador, a indiazinha foge pela mata com o talismã. Já em 2006, no Rio de Janeiro, o casal Magali (Denise Fraga) e Beto (Antônio Calloni) discutem onde serão as férias de Bena (Miguel Rômulo) e Lulu (Maria Mariana Azevedo), seus filhos. A menina, após uma crise de sonambulismo, revela que tem sonhos com o tio Maneco (Flávio Migliaccio), que faz parte da infância do pai. Ela mesma define o local onde passará as férias com o irmão, após mostrar o site do acampamento Coração da Mata. Nele está Maneco e o índio Kalu (Patrick de Oliveira), que são atacados quando as crianças estão para chegar. Maneco troca o talismã por um falso, antes que Pierre tome posse dele, e foge. Enquanto isso Bena e Lulu se preparam para a viagem, juntamente com o amigo Macarrão (Rafael Ciani) e com Escarlete (Heloísa Périssé), uma muambeira de Copacabana que está em fuga e se disfarçou como monitora de colônia de férias.


Ficha técnica


Gênero: Aventura


Idioma: Português


Duração: 89min


Ano: 2007

Jornal Midiamax