Geral

Oposição promete projeto único na sucessão em Corumbá

Opositores à atual administração de Corumbá prometem caminhar unidos na corrida pela sucessão da Prefeitura de Corumbá. Nove vereadores articulam o projeto, que será definido com base em pesquisas e ratificado por todos. O acordo foi relatado ao presidente estadual do PMDB, Esacheu Nascimento, em reunião realizada em Corumbá no último sábado (21) com o […]

Arquivo Publicado em 24/04/2012, às 20h06

None

Opositores à atual administração de Corumbá prometem caminhar unidos na corrida pela sucessão da Prefeitura de Corumbá. Nove vereadores articulam o projeto, que será definido com base em pesquisas e ratificado por todos.


O acordo foi relatado ao presidente estadual do PMDB, Esacheu Nascimento, em reunião realizada em Corumbá no último sábado (21) com o diretório municipal. Na ocasião o presidente estadual levou ao conhecimento dos correligionários os números da pesquisa realizada pelo partido nos últimos dias, a qual ratifica a escolha de Solange Alves de Oliveira como pré-candidata a prefeita.


O presidente do PMDB de Corumbá, Otavio de Araujo Philbois, lidera o partido nas discussões com as demais legendas e também se empenha no projeto de candidatura própria. A união da oposição em Corumbá vislumbrava apenas a pré-candidatura do atual presidente da Câmara, Evander Vendramini (PP), porém, diante da evolução da ex-vereadora Solange Oliveira, é grande a possibilidade de que todos a apoiem.


Esacheu declarou seu contentamento com a disposição do partido em apoiar a candidatura própria, bem como com a união da oposição em torno de um único nome que pode ser o de Solange. “A Solange superou nossas expectativas nas pesquisas internas que realizamos junto à população de Corumbá, agora precisamos discutir com humildade entre os partidos para que nossa pré-candidata possa representá-los”, disse.


Solange avalia sua candidatura como uma tendência natural da conjuntura política atual. “Meu partido e outros partidos de oposição querem acompanhar essa mudança de atitude. Nunca tivemos uma prefeita mulher e a população está apontando aquilo que está presente em todos os setores e isso credenciou meu nome. A população quer mudança de comportamento, de atitude e mais presença feminina. Queremos o nosso grupo de coalizão junto para que possamos mostrar a diferença”, declarou a pré-candidata do PMDB.

Jornal Midiamax