Geral

Oito são mortos em ataque aéreo contra membros da Al-Qaeda

Cinco supostos membros da Al-Qaeda e três mulheres que os acompanhavam morreram neste domingo em um ataque aéreo no centro do Iêmen, do qual um chefe local do grupo extremista escapou ileso, segundo um chefe tribal. O ataque foi praticado contra dois veículos na localidade de Radaa (130 km a sudeste de Sanaa), “matando cinco […]

Arquivo Publicado em 02/09/2012, às 15h56

None

Cinco supostos membros da Al-Qaeda e três mulheres que os acompanhavam morreram neste domingo em um ataque aéreo no centro do Iêmen, do qual um chefe local do grupo extremista escapou ileso, segundo um chefe tribal.


O ataque foi praticado contra dois veículos na localidade de Radaa (130 km a sudeste de Sanaa), “matando cinco guarda-costas de Abdelrauf al-Dahab e três mulheres”, declarou a fonte, indicando que Al-Dahab não sofreu ferimentos.


O chefe tribal indicou que o avião, que pode ser uma aeronave pilotada por controle remoto, disparou dois foguetes: o primeiro não atingiu o carro de Al-Dahab e o segundo acertou em cheio o veículo em que estavam os guarda-costas e as três mulheres.


O ataque ocorreu por volta das 16h00 (10h00 de Brasília) em uma estrada que liga a aldeia de Hama ao povoado de Masi, indicou.


Trata-se do quarto ataque aéreo contra ativistas da rede islamita em seis dias. Os três primeiros foram registrados na província desértica de Hadramut (leste).


Os Estados Unidos são o único país que possui aviões controlados por controle remoto na região e nos últimos meses praticaram ataques seletivos contra a Al-Qaeda na Península Arábica (AQPA), no sul e no leste do Iêmen, embora nunca tenham anunciado oficialmente.

Jornal Midiamax