Geral

Oficiais da PM são solidários às reivindicações dos Cabos e Soldados

Em reunião na tarde desta segunda-feira (16) a AOFMS (Associação dos Oficiais Militares de Mato Grosso do Sul), através de seu presidente, coronel Valter Godoy Rojas se posicionou a favor das reivindicações dos Cabos e Soldados da PM (Polícia Militar) e do Corpo de Bombeiros. Porém, a entidade não participará de qualquer manifestação. Para o […]

Arquivo Publicado em 17/04/2012, às 01h29

None

Em reunião na tarde desta segunda-feira (16) a AOFMS (Associação dos Oficiais Militares de Mato Grosso do Sul), através de seu presidente, coronel Valter Godoy Rojas se posicionou a favor das reivindicações dos Cabos e Soldados da PM (Polícia Militar) e do Corpo de Bombeiros. Porém, a entidade não participará de qualquer manifestação.


Para o grupo, uma manifestação ou aquartelamento não resolverá o problema. “É um assunto sensível e contempla todos os núcleos das corporações, contamos com o bom senso do governador, mas é preciso de tempo para a negociação” defende o coronel Godoy.


Apesar da decisão de apoiar a manifestação por uma equivalência salarial entre Polícia Militar e Polícia Civil, e uma política de reposição salarial para até 2014 com a diferenciação para o soldo dos cabos e soldados, o presidente da entidade foi taxativo, “Qualquer manifestação que atente contra as liberdades pessoais é reprovável”, disse ele.


A Associação se manifestou também, a favor de revisão dos valores pagos em caso de transferência dos policiais militares e da criação de uma faixa equivalente ao quinquênio de serviço, atualmente, as gratificações por tempo de serviço se encerram após o 25º ano na carreira.

Jornal Midiamax