Geral

Nova apresentação da “Arte de Quinta: Rir é o melhor remédio” no Centro Cultural

O Grupo Adote – Cia. Teatral Ator Domingos Terras, em parceria com a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), realiza mais uma apresentação da “Arte de Quinta: Rir é o melhor remédio” na próxima quarta-feira (17), às 20 horas, no Teatro Aracy Balabanian do Centro Cultural José Octávio Guizzo. A peça tem […]

Arquivo Publicado em 13/10/2012, às 12h51

None

O Grupo Adote – Cia. Teatral Ator Domingos Terras, em parceria com a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), realiza mais uma apresentação da “Arte de Quinta: Rir é o melhor remédio” na próxima quarta-feira (17), às 20 horas, no Teatro Aracy Balabanian do Centro Cultural José Octávio Guizzo. A peça tem duração aproximada de 90 minutos e classificação de 14 anos.



“Arte de Quinta: Rir é o melhor remédio” é um show de humor com uma proposta de interpretação ao estilo “Terça Insana”, que consiste em um ou mais humoristas em frente ao público, relatando situações cotidianas com a intenção de fazer rir. Abordam assuntos como problemas políticos, sociais, relacionamento humano, sexo e acontecimentos do dia-a-dia.



Serão apresentadas em torno de 15 esquetes (pequenas sequências cômicas, normalmente apresentadas juntas com outras esquetes, sem necessariamente possuirem ligações entre si). O grupo satiriza o cotidiano, a mídia e paródias de filmes, novelas e até divas do pop.



O espetáculo é realizado há cinco anos e já se apresentou fora do Estado, ganhando o prêmio de melhor espetáculo pelo júri popular por dois anos (2007 e 2011) no Festival Pedritense de Teatro realizado na cidade de Dom Pedrito (RS).



Ingressos antecipados podem ser adquiridos na Ótica da Barão, localizada na rua Barão do Rio Branco, 1621 a preço único para cada sessão a R$ 10,00. No dia da apresentação os valores serão de R$ 25,00 (inteira) e R$ 12,50 (meia), terá ainda a opção de R$ 10,00 + 1 kg de alimento não perecível ou 1 agasalho. A meia-entrada é valida para estudantes, professores, doadores de sangue, e idosos (acima de 60 anos), com a apresentação de seu respectivo comprovante.



Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3317-1795 ou no Centro Cultural José Octávio Guizzo que fica localizado na rua 26 de Agosto, 453, entre as ruas Calógeras e a 14 de Julho.


Jornal Midiamax