Geral

No Dia das Crianças, irmãos distribuem milhares de doces em Campo Grande e Corguinho

A ideia dos irmãos surgiu quando a família passava por dificuldades financeiras. Para agradecer as bênçãos, eles continuam a fazer a festa das crianças.

Arquivo Publicado em 12/10/2012, às 12h51

None
699724831.jpg

A ideia dos irmãos surgiu quando a família passava por dificuldades financeiras. Para agradecer as bênçãos, eles continuam a fazer a festa das crianças.

Há seis anos, os irmãos Silva realizam a distribuição de doces aos pequenos de cinco bairros em Campo Grande, em alusão ao Dia das Crianças, comemorado nesta sexta-feira (12).

Dois cômodos da casa dos empresários foram exclusivamente destinados para guardar os mais de 2 mil saquinhos, que serão distribuídos aos pequenos que estiverem passando pela rua.

Eles convidaram 30 pessoas para ajudar nesse trabalho, que se vestem de palhaços e vão usar uma caminhonete F-4000, pertencente a uma empresa familiar, para a entrega dos doces. “O sorriso das crianças é tudo”, afirmou Vandegleison da Silva, 33 anos.

Valdinei Nunes da Silva, 37 anos, conta que a ideia surgiu quando a família passava por dificuldades financeiras. Os irmãos reuniram o que tinham e compraram 200 sacos de doce e deram para as crianças da região.

“Depois que fizemos isso pelas crianças o negócio começou a crescer e hoje estamos bem. Por isso, fazemos esse trabalho para agradecer as bênçãos recebidas durante todo ano”, disse ao Midiamax.

Hoje, os irmãos vão percorrer os bairros Santa Luzia, Vila Nasser, Nossa Senhora das Graças, Vila Marli e Jardim Seminário. A ideia, contaram os empresários, não é bater de porta em porta, mas fazer uma surpresa as crianças que estiverem brincando na rua. E o clima não atrapalha, já que segundo os Silva, a distribuição acontece, faça chuva, faça sol.

“Parece promessa ou uma ação religiosa, mas não é. Fazemos isso para agradar as crianças, pois com um sorriso delas não precisamos de mais nada”, afirmou Vandegleison. Neste momento os irmãos terminam de montar os últimos saquinhos de doces e devem sair antes do almoço.

A novidade deste ano é que crianças de Corguinho, cidade distante 86km de Campo Grande, também vão receber doces dos irmãos. Os saquinhos contem pipoca, pirulito, chiclete, bala, paçoca, maria mole, geléia, suspiro e vários outros doces.

Jornal Midiamax