Geral

MS é líder no Brasil de casamentos entre mulheres divorciadas e homens solteiros

O índice nacional é de 4,9%, em média. No Mato Grosso do Sul, são 6,8% de uniões formais entre mulheres divorciadas e homens solteiros e de 6,4% em São Paulo. O menor índice foi registrado no Piauí, onde apenas 1,5% das mulheres que já tiveram um relacionamento se casaram com homens solteiros

Arquivo Publicado em 17/12/2012, às 19h28

None
1037311663.jpg

O índice nacional é de 4,9%, em média. No Mato Grosso do Sul, são 6,8% de uniões formais entre mulheres divorciadas e homens solteiros e de 6,4% em São Paulo. O menor índice foi registrado no Piauí, onde apenas 1,5% das mulheres que já tiveram um relacionamento se casaram com homens solteiros

A notícia é boa para as mulheres que se divorciaram e acreditam ser mais difícil se casar após um relacionamento em Mato Grosso do Sul. De acordo com a “Estatística do Registro Civil 2011”, feita pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgada nesta segunda-feira (17), as mulheres divorciadas no Estado são as que mais se casam com homens que nunca foram casados.


O índice nacional é de 4,9%, em média. No Mato Grosso do Sul, são 6,8% de uniões formais entre mulheres divorciadas e homens solteiros e de 6,4% em São Paulo.


O menor índice foi registrado no Piauí, onde apenas 1,5% das mulheres que já tiveram um relacionamento se casaram com homens solteiros.


Os percentuais mais elevados para composição de casamentos são os entre homens divorciados e mulheres solteiras, com 8,7% dos casos registrados em união civil.


Entre as Unidades da Federação, no ano de 2011, observa-se que Rondônia (75,2%) e o Rio de Janeiro (75,5%) foram os Estados com as menores proporções de casamentos entre solteiros.


 A percentagem mais elevada foi obtida no Piauí (92,4%). Já os casamentos entre pessoas divorciadas atingiram a maior proporção em São Paulo (5,2%).

Jornal Midiamax