Geral

MP pode interditar pista de motocross e inviabilizar a última etapa do campeonato Brasileiro

A realização da última etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross prevista para acontecer no dia sete de setembro está ameaçada. É que o Ministério Público Estadual (MP) poderá interditar a obra de construção da pista caso julgue procedente o pedido feito pelo presidente da Associação de Moradores do Parque dos Jequitibás, Altair de Souza Rosa. […]

Arquivo Publicado em 31/08/2012, às 18h56

None
711924921.jpg

A realização da última etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross prevista para acontecer no dia sete de setembro está ameaçada.


É que o Ministério Público Estadual (MP) poderá interditar a obra de construção da pista caso julgue procedente o pedido feito pelo presidente da Associação de Moradores do Parque dos Jequitibás, Altair de Souza Rosa.


Na última segunda-feira o presidente da Associação protocolou na Promotoria de Justiça do Meio Ambiente uma representação endereçada ao promotor Ricardo Rotundo pedido ao Ministério Público “a imediata interdição” da obra de construção da pista de motocross no Motódromo Faé Bianchi localizado atrás do Estádio Douradão no bairro Parque dos Jequitibás.


Altair Rosa afirma que as obras de construção da pista de MotoCross infringe o TAC (Termo de Ajustamento de conduta) firmado em 24 de junho de 2008 onde a Prefeitura de Dourados reconhecia a impossibilidade de “uso do referido local, suspendendo de imediato todas as atividades naquela praça esportiva enquanto não houvesse a devida legalização em todos os órgãos competentes, ou seja, todas as licenças para tal finalidade”.


Segundo o presidente da Associação de Moradores até o momento a Prefeitura de Dourados não obteve a licença para a construção da pista. O líder comunitário afirma que “já sofremos com a ação natural do tempo, pois em nossa cidade a terra é vermelha e quando não chove por longo período como está acontecendo agora, a poeira é intensa, em nosso caso, o problema é ainda maior, pois estamos esquecidos pelo poder público”.


Altair afirma que “nestes dias as máquinas da Prefeitura estão trabalhando intensamente para a reconstrução da pista e a poeira é insuportável. Somos obrigados a ficar trancados dentro de casa, nossas crianças e idosos sofrem com problemas respiratórios”.


A 8ª etapa do Brasileiro de Motocross será realizada no Motódromo Rafael Bianchi, o “Faé”, em Dourados, Mato Grosso do Sul, nos dias 7, 8 e 9 de setembro. O valor dos ingressos será: R$ 10 e R$ 5 a meia-entrada. O ingresso será válido para todos os dias de competição.



Jornal Midiamax