Geral

Motorista morre após capotar caminhão na BR-163 na cidade de Jaraguari

Por não haver marcas de frenagem e o local ser uma reta, policiais rodoviários acreditam que o motorista possa ter dormido ao volante

Arquivo Publicado em 26/07/2012, às 12h36

None
1224577363.jpg

Por não haver marcas de frenagem e o local ser uma reta, policiais rodoviários acreditam que o motorista possa ter dormido ao volante

A Policia Rodoviária Federal (PRF) registrou na madrugada desta quinta-feira, 26, por volta das 5h30, o capotamento de um caminhão Ford Cargo, placas HDN-4706, dirigido por Marcelo Cândido Mendonça, de 27 anos. O acidente aconteceu no Km 532, da BR-163, no município de Jaraguari (distante 50 km, de Campo Grande), a menos de mil metros do posto da PRF.


Os policiais rodoviários acreditam que, por se tratar de uma reta e não haver marcas de frenagem na pista, o motorista possa ter dormido ou sofrido um mal súbito. O corpo de Marcelo ainda se encontra preso às ferragens. No momento, o trânsito funciona em meia pista no local.


Segundo os policiais, a cerca de 60 metros de onde o caminhão parou tombado, há uma valeta que passa sob a estrada e serve de escoamento para passagem de água de um lado para o outro da pista. Os policiais acreditam que Marcelo tenha saído da pista, tocado a roda direita na valeta e, ao tentar controlar o caminhão, acabou capotando.


Marcelo levava uma carga de 12.500 tijolos, aproximadamente 27 toneladas, e havia saído da cidade de Rio Verde, com destino à Campo Grande. Segundo a PRF, houve uma saída de pista seguida de capotamento. O veículo encontra-se com as rodas para cima e a carga ficou espalhada fora pista


Conforme o policial Alex Vargas, no horário em que aconteceu o acidente, é mais comum esse tipo de ocorrência devido ao cansaço dos motoristas. De acordo com o Corpo de Bombeiros, será necessário um desencarcerador para retirada do corpo do meio das ferragens. Um caminhão munk será utilizado na operação para desvirar o veículo.


Uma representante da empresa Transcer, da qual o motorista era funcionário, informou que Marcelo trabalhava na empresa há três anos, era morador da cidade de Rio Verde e deixa esposa e três filhos. (Matéria editada para atualização de informações às 13h23 de 26/07).

Jornal Midiamax